Algumas datas comemorativas, sobretudo as de origens religiosas, são cheias de pequenas tradições.

Entre as principais tradições natalinas estão a montagem das árvores de Natal decoradas com luzinhas, a troca de presentes entre entes queridos e, é claro, os presépios representando o momento em que o Jesus chegou ao nosso mundo.

De vez em quando, aparece alguém para revolucionar as antigas tradições e surpreender - ou revoltar - a todos. E foi exatamente isso que aconteceu nesta residência de uma vizinhança norte-americana na qual mora a comediante Cameron Esposito.

Segundo ela, seus vizinhos instalaram um presépio LGBT no jardim, no qual podem ser vistos dois Josés ao lado do menino Jesus:

A comediante postou uma foto da decoração em seu Twitter: ''Meus vizinhos montaram um presépio com dois Josés e eu estou radiante'', declarou Cameron.

Os internautas logo começaram a contribuir com a postagem, deixando comentários engraçados; ''agora o nascimento de Jesus é REALMENTE um milagre'', brincou um. Outros também mencionaram o fato de que, já que o menino Jesus possui realmente dois pais, o enfeite não estaria assim tão distante da versão bíblica. Outro usuário do Twitter sugeriu uma versão com duas Marias.

Para alguns, no entanto, o enfeite soou subversivo e indecente. Para o colunista Marcio Caparica, da página Lado Bi, não existe outra resposta para aqueles que se sentiram ofendidos pelo presépio com dois Josés além do fato de que ser gay não é mau nem ofensivo.

''Dois homens são tão capazes de amar e criar um filho, com dedicação e fé, quanto um casal heterossexual'', escreve ele.

Outras versões do presépio

Não é a primeira vez que a comunidade LGBT repagina a tradição do presépio para uma realidade mais inclusiva. No ano passado, o site Zazzle disponibilizou para venda alguns enfeites que mostravam tanto dois Josés como duas Marias ao lado do menino Jesus.

As vendas precisaram ser interrompidas devido a pressão do grupo de fundamentalistas cristãos Christian Concern.

Para Andrea Williams, a representante do grupo - que defende, entre outras coisas, a ''cura gay'' - os enfeites seriam uma tentativa ''rídicula e desesperada'' de fingir que homossexuais tem relacionamentos santos e puros.

Em 2012, um casal gay colombiano foi alvo de grande polêmica ao postar nas redes sociais uma foto de seu presépio, também com dois Josés. Felipe Cárdenas e Andrés Vásquez moravam em Cartagena e publicaram as fotos para iniciar uma discussão a respeito do casamento igualitário em seu país.