Algumas espécies de cobras são consideradas muitas venenosas. Uma única mordida pode levar a consequências fatais, especialmente se não for tratada imediatamente. Em alguns países, alguns tipos de Cobra são temidas por toda a população. No entanto, alguns indivíduos, são corajosos o suficiente para lidar com vários tipos de cobras mortais. No entanto, alguns cuidados tem que ser tomados caso ao contrário pode ser fatal. Foi exatamente o que aconteceu com um adolescente. Na ocasião, ele foi picado por uma cobra de estimação, mas acabou morrendo horas depois.

Entenda como tudo aconteceu.

Um adolescente e colecionador de cobras, que residia na Bundung Regency, na província da Java ocidental, na Indonésia, faleceu recentemente depois de ser picado por sua cobra de estimação [VIDEO].

O jovem ainda publicou sobre o incidente na sua conta de rede social para pedir ajuda de seus amigos. Mas, infelizmente, 12 horas depois, o menino, que só foi identificado como Aril, de 14 anos, acabou morrendo. O adolescente indonésio, enquanto tentava tirar uma foto de sua cobra, foi mordido no braço pelo réptil. Aril postou fotos de sua cobra de estimação e seu braço ferido para sua conta do WhatsApp.

A primeira foto publicada por Aril mostra a cobra, que parece estar pronta para atacar. A foto foi supostamente tomada depois que Aril deu à sua cobra, um banho. A segunda foto mostra o braço sangrando do adolescente com um cadarço amarrado em torno dele. Conforme relatos, o jovem amarrou o braço para tentar impedir que o veneno mortal [VIDEO] se espalhasse para o resto do corpo. Mas, não deu resultado o veneno se espalhou rapidamente pelo corpo da vítima.

A foto foi subtitulada: "Entre vida e morte". A mãe do menino disse que Aril estava sozinho em casa no momento do incidente. Ela estava no trabalho e seu marido estava no exterior, então ninguém poderia atender imediatamente a Aril.

Pediu ajuda

Ela foi citada como dizendo: "Aril fez o status não para mostrar, mas para pedir ajuda aos seus amigos. Porque ninguém veio, ele escreveu mais tarde o status: "Se alguém se sentir como meu amigo, leve-me ao hospital". Alguns dos amigos de Aril vieram em seu socorro e levaram-no para o hospital próximo [VIDEO]. Infelizmente, ele faleceu 12 horas após o incidente. Aril teria sido um colecionador de cobras ávido que possuía mais de uma dúzia de cobras perigosas. Ele também participou ativamente de diferentes comunidades de proprietários de répteis em Bandung. Ele se juntou a atrações perigosas da rua que apresentavam cobras venenosas para arrecadar dinheiro para vítimas de desastres.