Uma mulher, embriagada de bebida e drogas, arrancou um testículo [VIDEO]de seu namorado com os próprios dentes. Supostamente, Nunzia Del Viscio, de 43 anos, atuou contra seu namorado, após ele ter rejeitado sua demanda em fazer um trio.

A mulher foi agora colocada com uma ordem de restrição de liberdade para ficar em sua casa entre as 10h da noite e as 6h da manhã, por seis meses, e ordenou o pagamento à vítima de 500 libras esterlinas de compensação (R$ 2,2 mil).

Julgada na Escócia, mas alega defesa

Durante seu julgamento no Tribunal de Edimburgo, na Escócia, ela afirmou ter agido em legítima defesa [VIDEO]. No entanto, ela foi considerada culpada de atacar seu namorado, Marcello Palma, de 44 anos, que contraiu uma grave lesão em sua casa, em Lauriston Terrace, Edimburgo, no dia 23 de maio do ano passado.

A sentença foi adiada para análise dos relatórios e investigação mais profunda.

Os agentes da polícia foram convocados para a propriedade pelo serviço de ambulância, que receberam uma chamada de emergência da vítima e disseram à polícia que um homem tinha seu testículo arrancado por uma mulher. Os policiais encontraram Nunzia fora do apartamento, com sangue nos dentes e no rosto. Também ela apresentava algumas lesões nos olhos e hematomas no rosto.

"Ele me bateu", disse Nunzia aos policiais, garantindo que se defendeu, mordendo suas partes baixas. A polícia descreveu a mulher como estando "bastante perturbada", o que estaria de acordo com as declarações de Marcelo, a vítima. O homem contou que eles ficaram bebendo em uma discoteca e que regressaram para casa, juntamente com um casal amigo, Massimo Torrice e Luisa Bragaglia.

Os melhores vídeos do dia

Como tudo aconteceu

Palma disse que a atmosfera era adorável e que estava pensando em fazer uma troca de casais, quando chegassem em casa, o que teria acontecido. No entanto, a meio da noite, Nunzia entrou no quarto onde ele estava com Luiza, pedindo por um trio, o que ele teria recusado.

A namorada teria ficado em fúria, e começou destruindo tudo no apartamento. Ele pediu para ela ir embora e começaram brigando, momento em que ela teria mordido seu testículo esquerdo. "Eu dei dois ou três socos nela e enfiei um dedo nos olhos para afastá-la. Ela recuou a cabeça e meu testículo saiu", disse ele, referindo que tentou parar o sangue, até a ambulância chegar. O homem assumiu ter agredido a namorada, mas apenas para afastá-la, enquanto ela o mordia em suas partes baixas.

Polícia ilibou de condenação mais grave

No tribunal, o xerife relembrou que Nunzia Del Viscio não tinha qualquer registro criminal anterior e que suas ações teriam sido motivadas pelo consumo de álcool e drogas. Por isso, a condenação foi mais leve, até porque ele não acredita que ela reincida no mesmo ato. O toque de recolher obrigatório (entre as 10h da noite e as seis da manhã) seria para evitar ela cometer essa conduta noturna mais perigosa.