5

Em muitos lugares ao redor do mundo, as festividades de fim de ano são celebradas com uma mesa farta, em torno da qual se reúnem entes queridos que às vezes já não se viam há um bom tempo, o que acaba estreitando laços familiares. Mas como fazer isso com uma pessoa que já morreu?

Segundo informações divulgadas pelo Mirror, uma britânica pretende realizar esta conexão de um jeito extremamente incomum: ela comerá as cinzas de sua mãe juntamente com um peru e um bolo de Natal, de forma que possa se "sentir mais próxima" da mulher que lhe deu à luz [VIDEO].

Debra Parsons (41), da cidade costeira de Folkestone, localizada no distrito Shepway de Kent, no sudeste da Inglaterra, já não considerava a época natalina como algo alegre desde o ano de 1996, quando no dia 28 de dezembro perdeu um filho que havia nascido prematuramente.

Por anos, a mulher tentou lutar contra o sentimento de perda, até que em maio deste ano, a mãe dela, Doreen Brown, faleceu após sofrer uma infecção na região do peito, o que acabou gerando uma obstrução aérea repentina – algo que a fez afundar em uma tristeza constante.

Experimentando os restos de Doreen

Parsons disse ao Mirror que o vínculo entre Doreen e ela era muito forte, "algo que nunca poderia ser quebrado, [nem] mesmo pela morte". Então, pouco tempo depois do falecimento de sua genitora, a mulher sentiu uma vontade incontrolável de ingerir pequenas quantidades das cinzas que sobraram da cremação de Doreen – periodicamente, a inglesa consome uma pequena colherada ou lambe os dedos para colocá-los no pó carbonizado (o que faz o material seco grudar na pele), e o gosto levemente salgado da substância sempre a faz sentir algo "reconfortante".

Mas como este é o primeiro Natal sem a presença materna, o desejo de comer os restos carbonizados se tornou ainda mais forte, e Parsons decidiu que comerá uma quantidade "mais generosa" de sua mãe na data festiva, de modo que a sensação de vinculo com Doreen também aumente.

Comida feita com cinzas da mãe

Debra Parsons, que é mãe de duas crianças, afirmou que o peru de Natal será salpicado e recheado com os restos da mulher que lhe deu à luz. Além disso, a sobremesa – um bolo natalino muito tradicional na Inglaterra, conhecido como "Christmas Pudding", que leva frutas secas e molho de conhaque – também contará com o inusitado ingrediente.

Por mais estranho que possa parecer, Parsons vê o ato como algo positivo, e acredita que assim a mulher falecida pode ser novamente envolvida na celebração em família. A inglesa entende que sua atitude tem potencial de chocar quem fica sabendo que ela está comendo as cinzas da própria mãe, pois declarou: "As pessoas podem pensar que estou maluca ou que não é uma coisa muito respeitosa, mas simplesmente não consigo parar".

Justificando seu comportamento, Parsons disse que dessa maneira Doreen passa a viver dentro dela novamente, se tornando uma parte de seu ser, e voltando a "respirar pelo seu corpo".

O noivo da mulher britânica, que não teve a identidade revelada, apoia o modo como a sua companheira lida com a ausência da mãe, e pretende se casar com ela em 2018. Sobre essa cumplicidade, Parsons revelou: "Tenho sorte de que meus entes queridos entendam o que estou fazendo".