Já mostramos aqui neste portal de notícias diversos casos envolvendo acontecimentos bizarros por todo o mundo. São situações assustadoras, algumas chegam a ser inimagináveis, longe de qualquer pensamento humano, que, se não fossem comprovados, se diria apenas que se tratam de uma cena de filmes. Porém, diante das verdades dos casos, internautas de todo o mundo ficam horrorizados com tais notícias [VIDEO].

Japonesa morre depois de passar mais de 15 anos trancada em quarto pelos pais

Uma japonesa viveu os piores anos de sua vida após ter que enfrentar mais de 15 anos trancafiada pelos próprios pais dentro de um pequeno quarto de sua casa.

A informação foi divulgada nesta terça-feira (26) por diversos meios de comunicação do mundo. O ocorrido foi registrado ao Sudoeste do Japão e tem chocado milhares de internautas [VIDEO].

A mulher, identificada por Airi Kakimoto, de 33 anos, acabou falecendo de frio dentro da própria residência, localizada na cidade de Neyagawa, província de Osaka. Segundo o laudo da autópsia, que foi divulgado através da emissora de televisão NHK, a mulher media aproximadamente 1,45 metro de altura, estava com extrema desnutrição, pesando cerca de 19 kg.

A notícia assustou moradores da localidade. Não só pela morte, mas pelo estado em que a mulher teria ficado antes de morrer. Algo que foi classificado como assustador por grande parte da sociedade. As autoridades competentes só encontraram o corpo da mulher após uma chamada dos próprios pais, no sábado (23), quando se confirmou que a vítima estaria confinada dentro de seu quarto, que mede apenas 3 metros quadrados sem calefação.

Essa situação durava desde que a mulher tinha apenas 16 anos. A informação foi dada pelo próprio pai da mulher.

Ainda segundo informações da agência de notícias japonesa, o pai da vítima, identificado por Kakimoto, de 55 anos, e a esposa, Yukari, de 53, decidiram aprisionar a filha após alegar que ela sofria de um grande transtorno mental, que sempre a deixava agressiva. Eles ainda disseram que a filha só recebia alimento uma vez ao dia.

O quarto onde a mulher viveu por mais de uma década foi construído pelo próprio pai. Dentro do quarto, ele ainda construiu um banheiro totalmente improvisado, pois não queria que a moça saísse do quarto. O tubo de água foi instalado na parte de fora do banheiro para que a filha pudesse beber água.

A porta do quarto só tinha a opção de abrir por fora e era monitorado a todo instante por uma câmera de segurança instalada pela própria família. A polícia prendeu os pais por abandono de cadáver, mas eles ainda serão investigados por homicídio.