Não foi só boa parte dos brasileiros que ficou revoltada e surpresa com um vídeo que circulou recentemente nas redes sociais mostrando uma professora simulando sexo oral em um dos seus amigos, com um pênis de borracha, na frente de toda a turma. A docente acabou se tornando conhecida internacionalmente e o fato acabou ganhando força na Europa. Sim, o Brasil, mais uma vez, acabou se tornando assunto da área sexual, principalmente, para um jornal suíço. Os europeus publicaram que a professora, sem pudor e na frente de todos os outros alunos, simplesmente colocou ‘as mãos na obra’ para ensinar os seus discentes a se protegerem de DST’s e gravidez não desejada. [VIDEO]

Os suíços perguntaram aos seus leitores de tal atitude [VIDEO], em uma instituição de ensino, é algo que se deva fazer por parte de quem quer ensinar os alunos a se protegerem dos perigos de um sexo desprotegido. [VIDEO]

Nas redes sociais, aqui no Brasil, muitas pessoas compartilharam o acontecimento (de que a notícia virou manchete internacional) e grande parte dos internautas se disse decepcionado com o acontecimento, pois, para boa parte dos seguidores de rede social, isso é uma vergonha para o Brasil, principalmente porque é essa a educação que os estrangeiros estão vendo, e que supostamente está sendo exportada para o exterior.

Flávio Bolsonaro, irmão de Jair Bolsonaro, fez um comentário sobre o caso em sua rede social:

“O Brasil virou o maior lixo. E esse Temer todo metido a certinho não vê essas p***. Quero ver o filhinho dele estudando com uma professora p*** dessa.”, detonou uma seguidora de rede social, bastante frustrada com a notícia que se espalhou internacionalmente. Roberto Jefferson, aquele deputado que denunciou um dos maiores esquemas de corrupção do Brasil, o mensalão, postou texto no Twitter se dizendo surpreso: “O que está acontecendo com os nossos professores?”, disse o político.

Apesar das críticas e de que o assunto ganhou manchete internacional, houve seguidor, no Twitter de Flávio Bolsonaro que defendeu o tema: “Eu tive uma professora de biologia, que após os seus conteúdos, dava aula para nós alunos sobre métodos contraceptivos e nos ensinava esse tipo de coisa, e se eu não peguei uma DST até hoje, foi graças aos ensinamentos dela".

"Dependendo do desenrolar dessa professora, eu apoio sim!”, disse outro seguidor.

Nas imagens, uma professora de uma Faculdade da Bahia, literalmente, põe uma camisinha na boca e se agacha até o órgão sexual de um dos seus alunos. Em seguida, como um pênis de borracha, ela introduz o preservativo, com o discente segurando o objeto ereto na boca da docente.