Nem nos mais assustadores pesadelos podia-se imaginar o que aconteceu na vida de uma pequena criança nos Estados Unidos da América. O nome do menino em questão é Dylan Redwine, de apenas 13 anos de idade. [VIDEO]

O pequeno menino, não vivia com seu pai pelo que foi levantado de informações pela imprensa local. Dylan, entretanto, visitava com frequência seu pai e ambos levavam uma relação de pai e filho normal para os padrões da sociedade. Mas foi em uma dessas visitas que deveriam transcorrer de forma normal e fraterna, que Dylan Redwine achou algumas fotos que deixaram ele extremamente aterrorizado. Nas várias fotos em que achou, seu pai estava saboreando as próprias fezes.

As fezes, estavam em uma fralda e o pai do menino comia as mesmas nas imagens de forma faminta.

Incrédulo com o que viu, Dylan questionou seu pai sobre o que era aquilo, e isso foi a pior coisa que esse pequeno ser humano poderia fazer em sua vida.

Dylan foi encontrado esquartejado, todo o seu corpo foi deixado em pedaços em uma floresta próxima à residência de Mark, seu pai. Os restos mortais do pequeno garoto foram encontrados apenas sete meses após o desaparecimento no dia da fatídica visita ao seu genitor. A cabeça do menino, por exemplo, foi encontrada apenas três anos após o crime, em 2015.

Polícia investigou e descobriu abuso sexual

O crime parou todo o Estado do Colorado, nos Estados Unidos, e não por menos, até essa altura, era uma família desesperada pela morte e esquartejamento de um filho de 13 anos de idade que tinha uma belíssima vida pela frente.

Mas a Polícia nunca tirou os olhos de Mark, e há poucos meses, confirmou que o pai do menino foi o responsável pela morte dele, pelo seu esquartejamento, pelo abuso sexual e por esconder o cadáver do filho nas matas de uma floresta próximo ao local que morava.

Irmão de Dylan ficou chocado com o que viu na casa de seu pai

O irmão mais velho de Dylan, Cory Redwine [VIDEO], foi outra vítima no drama psicológico que destroçou a família Redwine. Cory disse que chegou a ver as fotos que seu irmão também viu. Nelas, seu pai, que nunca teve nenhum desvio em sua personalidade, estava vestido de mulher, com o rosto totalmente maquiado e comendo cocô direto de uma fralda. Cory finaliza a frase dizendo que foi a coisa mais nojenta que viu em sua vida e que nem ele nem seu pequeno irmão conseguiam acreditar naquilo que estavam vendo.

Mark, foi preso pela polícia dos Estados Unidos e será julgamento.