O caso do homem com a maior genitália registrada até agora no mundo tem causado polêmica nas redes sociais desde que foi descoberto. O mexicano Roberto Esquivel Cabrebra, de 55 anos de idade, possui o total de 48 centímetros de órgão e, apesar de ser bastante elogiado por homens e mulheres por conta de seu 'dote', muitos momentos de sua vida têm sido de dor e sofrimento pessoal.

Isso porque, apesar da comoção gerada por conta de sua genitália, a vida de Roberto não tem sido fácil.

Publicidade
Publicidade

O mexicano tem passado dificuldades para encontrar empregos que o aceitem e o motivo disso o deixou chocado. Um dos motivos é que ele tem um passado de ter feito filmes eróticos, voltados para o público adulto e de cunho duvidoso. Agora, com idade mais avançada e acima do peso, poucas produtoras se interessam em contratá-lo e o dinheiro tem ficado escasso dentro de casa.

Mexicano superdotado fala sobre dificuldades para encontrar emprego e reclama de sua situação financeira

Dessa forma, Cabrera decidiu partir para empregos formais.

Homem com maior genitália sofre para conseguir emprego
Homem com maior genitália sofre para conseguir emprego

A sua fama é uma das barreiras agora. Muitas empresas sentem vergonha de contratar o homem com a maior genitália do Mundo e temem em como esse assunto polêmico pode refletir na sua imagem e reputação.

"Os recrutadores sempre me dizem que vão chamar depois das entrevistas, mas nunca me retornam", lamentou o mexicano superdotado em entrevista para o jornal inglês Metro.

Além disso, Cabrera desabafou que uma das preocupações das empresas é com sua condição de saúde física.

Publicidade

Por conta dos diversos alongamentos que fez em suas partes íntimas, o mexicano não pode se movimentar com rapidez e quando ele conta do que se trata elas logo desistem.

Uma das dificuldades de Cabrera atualmente é conseguir se ajoelhar com facilidade ou colocar roupas justas, pois podem marcar seu órgão genital avantajado.

Difícil sobrevivência para Cabrera

Para conseguir se manter, o homem com maior genitália do planeta recebe uma ajuda do Governo, pois seu estado pode ser configurado como deficiência física.

Mesmo assim, o valor da bolsa que recebe é irrisório se somadas suas necessidades básicas.

A 'arte' que aprontou para conseguir a fama de superdotado fez com que ele tivesse várias infecções no órgão. Para dormir, Cabrera precisa de travesseiros extras como apoio.

Redução de genitália é possível?

O sofrimento de Cabrebra poderia ser minimizado caso ele tomasse uma decisão simples. É possível realizar uma cirurgia de redução de pênis. Caso tope, ele terá uma vida normal.

Publicidade

Mesmo assim, ele prefere a fama.

A última pessoa a realizar o procedimento foi o americano Jonah Falcon, que tinha 34 centímetros de órgão genital.

Leia tudo e assista ao vídeo