Você sabia que a probabilidade de uma pessoa morrer exatamente no dia em que faz aniversário é maior do que em qualquer outra data do ano? Incrivelmente [VIDEO], um estudo feito na Suíça pelo Dr. Vladeta Ajdacic-Gross, da Universidade de Zurique, descobriu que a chance de que uma tragédia do tipo aconteça sobe 14% no dia em que ficamos mais velhos, e os motivos mais comuns de falecimento são problemas cardiovasculares, derrames, câncer e causas violentas, tais como suicídios e quedas – ainda não se sabe por que isso acontece, mas cientistas apontam algumas possibilidades: consumo exagerado de álcool na data festiva, ingestão de alimentos nada saudáveis, estresse e aumento da vontade de "extravasar" durante a comemoração.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Curiosidades

Seja como for, de acordo com os sites Mail Online, Yeni Şafak, Hürriyet e Ruha Haber Ajansi, um homem da Turquia infelizmente entrou para essa estranha estatística quando se desequilibrou enquanto tirava fotos à beira de um penhasco, o que o fez despencar 45 metros de altura e morrer no dia em que estava completando 39 anos de idade – e seus amigos acabaram registrando a tragédia em vídeo.

O incidente envolvendo Halil Dağ, que dirigia uma loja de acessórios para celulares na cidade de Şanlıurfa, e que era pai de oito filhos, aconteceu na última sexta-feira (5), quando ele foi com três colegas até a região onde se encontra a atração turística conhecida como Castelo de Urfa, situada no sudeste turco.

Enquanto estava na localidade, Dağ decidiu subir em uma rocha e pular para que seus companheiros tirassem fotos dele "no ar". No entanto, a área onde o grupo se encontrava estava protegida por uma cerca de arame farpado, a qual foi ultrapassada – é possível ver parte da proteção logo atrás do homem na filmagem – e quando ele saltou, a fatalidade ocorreu.

Momento da queda

A ideia de Halil Dağ era dar um pequeno pulo a partir da rocha sobre a qual ele estava e aterrissar em uma faixa de terra com alguns metros de extensão, além da qual fica um precipício de dezenas de metros de altura.

Depois de se preparar, o homem disse: "Bir iki üç Yallah" – em tradução livre: "Um, dois, três, vamos lá" –, e saltou. Tragicamente, o turco perdeu a sua estabilidade no momento em que atingiu o chão, e apesar de ter tentado recuperar o equilíbrio, ele acabou indo em direção à borda do abismo, e despencou na frente de seus amigos aterrorizados. Acompanhe (cenas fortes):

Dağ mergulhou cerca de 45 metros, só parando nas proximidades de um restaurante curdo que se encontra na base da escarpa rochosa. Desesperados, seus amigos desceram atrás dele para tentar ajudar, e uma ambulância foi chamada.

Gravemente ferido, o homem foi levado até o Hospital Estadual de Balıklıgöl, e apesar dos esforços empregados pelos médicos, ele acabou falecendo.

O corpo de Dağ foi enterrado no cemitério Abdurrahman Dede.

Segundo o site Hürriyet, os parentes do aniversariante afirmaram que ele costumava tirar fotografias naquele penhasco, e em muitas dessas ocasiões colocava a vida em perigo.