Mujahid Arshid tinha 33 anos e uma obsessão em mulheres bonitas. Com essa justificação, ele cometeu uma série de crimes hediondos, que culminaram com a morte de jovens garotas muito bonitas, incluindo sua sobrinha. O homem foi descrito, no tribunal, como obcecado, após ele ter planejado, durante semanas, o sequestro de duas mulheres [VIDEO]"atraentes", para matá-las e deixar seus corpos no congelador, onde foram agora encontrados.

No tribunal, os jurados disseram que ele ficou atraído por sua sobrinha Celine Dookhran, de 20 anos, e pela outra jovem, e resolveu, em sua cabeça, que ele "se ele não podia tê-las, então ninguém poderia".

Foi nesse momento que ele recrutou os serviços de Vincent Tappu, que aceitou sequestrar as duas garotas, a troco de um pagamento. Depois, Mujahid Arshid levou as duas para uma casa, onde as estuprou e no final, esfaqueou.

Uma das mulheres conseguiu escapar da morte, depois de convencê-lo de que eles poderiam ficar juntos, depois d [VIDEO]aquele encontro. [VIDEO]Ela fugiu e alertou a Polícia, que foi logo para essa casa, em Wimbledon, no sudoeste de Londres, e descobriram o corpo de Dookhran em um congelador. Infelizmente, a mulher já estava sem vida, quando os policiais chegaram.

Arshid está agora sendo julgado, e responde perante as acusações de sequestro, estupro e assassinato de sua sobrinha, Dookhran, e o sequestro, estupro e tentativa de assassinato da outra mulher, que não pode ser identificada por razões legais.

O procurador Crispin Aylett disse aos jurados que o caso era "simplesmente horrível", de um homem que agiu por ciúme de duas mulheres, que estavam namorando outras pessoas, o que o teria exasperado. No caso da jovem que sobreviveu, ele já havia abusado dela, no passado, quando ela tinha somente 13 anos.

Esses crimes foram planejados e ele até comprou dois congeladores de caixa forte, para instalar na sala de serviço, dois dias antes do sequestro. Depois, ele, juntamente com Vincent Tappu, que também está sendo julgado, enfiaram meias na boca das mulheres e amarraram suas mãos e os pés, antes que Arshid dirigisse para essa casa de seis quartos, em Wimbledon.

Armado com uma faca, Arshid teria estuprado as duas mulheres, uma de cada vez, em um quarto no andar de cima. No final, sua ideia seria matar as duas, e esconder seus corpos no congelador e, mais tarde, derreter com ácido. Então, ele cortou primeiramente a garganta da sobrinha, no banheiro. A jovem, que era maquiadora, morreu pela restrição de suas vias aéreas e perda de sangue. Em seguida, ele pegou a outra mulher e cortou a garganta, mas em uma tentativa desesperada de sobrevivência, ela o enganou, fazendo-o acreditar que eles ainda poderiam ficar juntos, após esse indidente.

O julgamento vai continuar.