Alguns crimes assustam pelo modo como acontecem [VIDEO]. No Reino Unido, por exemplo, uma mulher foi pega com a boca na botija. A polícia estava investigando a vida da criminosa, identificada como Susy Cairns, de 39 anos, que teria ligação com suspeitas de pedofilia. Graças a isso, [VIDEO] a mulher acabou chamando a atenção dos policiais. O fato aconteceu na cidade de Livingston, na Escócia, mas repercutiu em todo o planeta. A ação chamou a atenção de todos e choca com os detalhes que ocorreram.

A polícia tinha informações de que Susy Caruns acessava materiais envolvendo crianças na internet. O fato surpreendeu a internet e muita gente não sabe como tudo isso era possível.

O que a polícia acabou descobrindo é ainda mais surpreendente.

Mulher investigada por pedofilia fazia vídeos de sexo com cachorro e imagens assustam

A depravação em torno do caso é realmente chocante. Isso porque, ao revirar os materiais que a mulher tinha no computador, a polícia acabou descobrindo que ela mantinha relações sexuais com o cão da família. A espécie escolhida por Suzy Cairns para que houvesse as relações é um labrador. O encontro dos vídeos íntimos com o animal ocorreu em março de 2017. No entanto, somente agora, a imprensa noticia o que é o julgamento da mulher, que acontece agora em janeiro. A polícia também não passa tantos detalhes para não atrapalhar a investigação.

Dona de cão o violenta sexualmente e vídeo insano exibe todo o terror passado por animal

Para que os atos com o animal dessem certo, a mulher utilizava uma substância que atrairia os instintos do animal, uma espécie de creme diferente.

Ao ser confrontada sobre o que acontecia em sua residência, a mulher não negou sobre os atos que ela cometia com o cachorro. Ela também confessou aos policiais que gravava vídeos tendo relações com o pobre cachorro e os mantinha em seu computador.

Além de vídeos, mulher tinha inúmeras fotos no computador

De maneira imediata, o nome da suspeita foi colocada na lista dos agressores sexuais do Reino Unido. Ao todo, além dos vídeos de sexo com o cão, a polícia encontrou no computador da criminosa pelo menos 161 fotos em pastas de arquivo. O julgamento ainda não teve fim, mas a audiência final, que deve dar a sua condenação, já está marcada. A decisão dos juízes deve acontecer em 9 de fevereiro. Não é a primeira vez que um caso assim repercute no mundo, mas dessa vez as imagens assustaram pelo modo como ocorreram.