adultério não é brincadeira, e o desfecho de casos assim costumam ser trágico. Algumas vezes, a forma encontrada para resolver a situação por parte da pessoa que é traída é sempre a violência física.

São muitos casos de adultério no Brasil e também no mundo. Na China, por exemplo, uma mulher ficou furiosa ao saber que o marido havia a traído. Para se vingar, ela chamou quatro amigas e agrediu a suposta Amante.

No vídeo que mostra o momento das agressões, dá para ver que a esposa pisa e dá diversos socos na barriga da mulher que supostamente teria um relacionamento com seu marido.

A amante pede para que as agressões parem.

“Estou grávida”, diz aos gritos. Depois de ouvir isso, a mulher fica ainda mais revoltada e pisa ainda com mais força na amante.

Enquanto apanha da mulher descontrolada, a amante teve seus braços e pernas segurados pelas quatro amigas da mulher traída. Os nomes de nenhuma delas foram revelados.

No vídeo, que tem pouco mais de três minutos, a traidora aparece com o rosto cheio de sangue, após a agressão sofrida. A polícia chinesa confirmou que as imagens são verdadeiras, mas não deu nenhuma informação adicional sobre o caso. Até o momento, não se sabe o estado de saúde da mulher que foi espancada.

O caso

Ao que tudo indica, a mulher traída descobriu que o seu marido mantinha um caso om uma amante e que essa amante estaria grávida. Para não correr o risco de apanhar, a esposa chamou quatro amigas para resolver a situação.

Enquanto as amigas seguravam, ela batia sem dó na amante de seu marido. O mais curioso é que, muitas vezes, quem apanha nos casos de adultério é sempre a amante, não o traidor. O marido (ou mulher) que trai não apanha. Neste caso, por exemplo, o marido sequer foi citado na história. A imprensa chinesa não informou se o casamento chegou ao fim.

No caso da mulher grávida, embora não se saiba de quantos meses ela estava, são grandes as chances de que ela tenha perdido o bebê.

Afinal de contas, a mulher foi agredida com pancadas fortes na barriga, que podem fazer com que o bebê não resista.

A melhor forma de resolver

O melhor para um relacionamento é que não haja traição, mas caso isso aconteça, a solução é resolver da melhor forma possível: separando. Violência só piora uma situação que já é bastante difícil. Em todos os casos de adultério, é muito importante dizer, a culpa é sempre de quem traiu, nunca de quem foi traído.

A pessoa que se relacionou com o adúltero também tem culpa.

Não perca a nossa página no Facebook!