Muitas mulheres têm o sonho de engravidar e serem #mães. No entanto, não são todas que encontram o parceiro ideal para formarem uma família. Diante disso, está cada vez mais comum, mulheres que tentam arrumar outras maneiras de realizarem o sonho. [VIDEO]

Cansada de procurar o homem “perfeito”, Jéssica (nome fictício), de 30 anos, da Inglaterra, resolveu apelar para realizar o seu sonho, ser mãe. Ela postou na internet um anúncio procurando um parceiro que quisesse manter relações sexuais com ela com o único objetivo de engravidá-la. "Estou nos meus 30 e quero um bebê", dizia o anúncio.

Sem muitas esperanças, Jéssica escreveu o anúncio enquanto estava no trajeto para sua casa.

No entanto, ela se surpreendeu com a quantidade de candidatos que apareceram. No mesmo dia, ela marcou um encontro com um dos pretendentes, porém, por ter uma forma de pensar bem diferente da sua, Jéssica decidiu que ele não era o homem certo. [VIDEO]

Ela também teve algumas propostas de casais homossexuais que também desejavam ter um bebê. Todavia, Jéssica disse que temeu que a guarda da criança fosse dividida. Ela queria que seu filho tivesse um pai, no entanto, não queria que seu filho tivesse mais de uma casa ou mais de uma família.

Em meio a vários candidatos, Jéssica marcou o encontro com mais um homem, Ross. Na época, ele tinha 33 anos e vivia em Londres. Durante a troca de mensagens, ele disse que não era pai, mas que tinha sobrinhos e os adorava. Ele falou também que só não teve filhos antes, pois todos seus relacionamentos anteriores foram desastrosos.

A escolha

Logo no primeiro encontro, Jéssica estava decidida. Ross seria o pai do seu filho. Eles então começaram a manter relações sexuais para que ela engravidasse. Passadas algumas semanas, a surpresa: Jéssica estava grávida. Ela disse que foi uma surpresa. Por mais que foi tudo planejando, ela não esperava que iria acontecer tão cedo.

Ross fez questão de acompanhar toda a gravidez de Jéssica. Ele ia às consultas com Jéssica, ajudou-a a comprar o enxoval do bebê e até ajudou a escolher o nome. Tudo estava indo como o combinado. No entanto, o que Jéssica mais temia acabou acontecendo. No decorrer da gravidez, ela e Ross acabaram se apaixonando.

"Eu não queria rotular meu relacionamento com Ross. Eu estava feliz por estar grávida, mas também cautelosa para que isso não me influenciasse a acreditar que estava apaixonada por ele”, disse Jéssica.

Atualmente, eles já têm um bebê e estão planejando ter mais um.

A respeito do anuncio na internet, Jéssica diz que não se sente arrependida. Ela disse que se a pessoa sonha com alguma coisa, não deve ficar sentada esperando. "Eu não acho que você consegue ter o que deseja só sentando e esperando pacientemente para que caia no seu colo.", disse Jéssica. #Bebê