Alguns acontecimentos conseguem chocar toda uma população pela forma como se tornam reais. Entender esses casos não é uma tarefa fácil. Muitas vezes as pessoas que deveriam cuidar acabam sendo as responsáveis por terríveis atos contra membros da própria família. Foi o caso de uma menina de apenas 13 anos que foi vítima de um ato bárbaro e cruel e que tem sido noticiado em todo o mundo.

A responsável pelo ato criminoso foi a própria mãe, que foi identificada por Irina Gladkikh, de 35 anos. Segundo informações, essa acreditou que seria divertido vender a virgindade da própria filha para um homem desconhecido, mas que, porém, tinha muito dinheiro.

Segundo informações do site do jornal britânico Daily Mail, a polícia afirma que já havia notificações de que a mulher já explorava a própria filha, mas não foi descoberto como ela praticava.

Após uma investigação, a polícia conseguiu comprovar o que já havia em grande suspeita. O caso bastante assustador se espalhou pela mídia e em poucas horas já alcançou milhares de pessoas por todo o mundo, despertando revolta, pois não existe explicação para uma mãe fazer tal ato contra a própria filha, ainda mais sendo uma menor de idade.

Menina seria vendida pela sua própria mãe e história comovente se espalha pelo mundo

O ato criminoso acabou resultando na prisão da mãe. A acusada pensava que tudo estava dando certo e que seu plano contra a própria filha seria um sucesso. Porém, acabou sendo vítima do próprio veneno.

O caso ocorreu em Moscou, capital da Rússia, e pegou muitas pessoas de surpresa. A acusada pensava que iria ficar com o bolso cheio de dinheiro ao vender a virgindade da filha para o ricaço.

A polícia divulgou que a mulher conseguiu cerca de 85 mil reais pela garota, mas, após uma ação rápida da polícia, o negócio não chegou a ser concretizada e, felizmente, a adolescente conseguiu manter a virgindade. Mesmo a negociação não indo adiante, a menina ainda precisou ser encaminhada a uma unidade hospitalar, onde passou por alguns exames.

Logo em seguida, a Justiça determinou que ela fosse encaminhada para um local, uma abrigo de um órgão equivalente ao Conselho Tutelar no Brasil. O caso gerou grande indignação entre os internautas e rendeu inúmeros comentários [VIDEO].

Mulher tenta vender virgindade da filha de apenas 13 anos

Na delegacia, a acusada confessou que sua decisão partiu após acreditar que a primeira vez da filha seria especial da forma que foi planejada. Para ela, perda da virgindade da filha com um homem rico seria o ideal, pois ele seria alguém se suma importância na vida de ambas [VIDEO].

Tudo foi descoberto e a mulher acabou sendo presa em Moscou. A polícia afirmou que a mulher ficará presa até o dia do julgamento, sem direito a fiança.