Atualmente, já existem vários métodos para evitar a Gravidez indesejada. Estamos falando dos conhecidos anticoncepcionais. Desde uma simples camisinha até operações caras e irreversíveis, todos são reconhecidos em vários países como processos eficientes para ajudar mulheres que não desejam engravidar.

Porém, alguns lugares fogem do tradicional e aceitam métodos inovadores como anticoncepcionais. É o caso da Suécia, nação europeia que reconhece oficialmente um aplicativo de celular como meio contraceptivo.

A ferramenta em questão é o Natural Cycles, app que promete eficiência como qualquer outro anticoncepcional.

A diferença é que, com o Natural Cycles, as mulheres não precisam de injeções, comprimidos ou qualquer tipo de contrapartida.

Com o custo de US$ 8,99 por mês (R$ 29), o aplicativo funciona a partir de informações inseridas no sistema (temperatura corporal, pressão etc.), sendo sempre realizado no mesmo horário diário. Os dados são colhidos através de termômetros utilizados pelas usuárias - o objeto extra é enviado para a casa do assinante assim que a contratação é feita.

Com a etapa concluída, o aplicativo não apenas informa sobre o período menstrual da mulher, como os dias férteis e alertas para a necessidade do uso de contraceptivos adicionais (como preservativo, pílulas etc.). Porém, entre setembro e dezembro de 2017, 668 mulheres realizaram aborto no Hospital de Estocolmo - o aborto é legalizado no país europeu.

Desse total de pacientes, 37 informaram que ficaram grávidas mesmo seguindo as orientações do aplicativo.

Diante do número elevado e da repercussão, o caso foi parar na Justiça e a empresa responsável foi acionada judicialmente. Em nota oficial, a empresa Natural Cycles falou sobre o ocorrido: "Nenhum método contraceptivo é 100% eficaz contra uma gravidez indesejada.

Infelizmente, esse risco é possível em qualquer situação. A nossa empresa tem um selo Pérola Index de 7, afirmando a nossa eficiência em 93%", justificou a nota da empresa.

Apesar do ocorrido no país escandinavo, o Natural Cycles é aceito e reconhecido como método anticoncepcional em várias nações, principalmente na Europa e Ásia.

Essa é a primeira vez que se tem notícia sobre acionamento na Justiça contra um app do gênero.

Porém, é importante ressaltar que o mesmo aplicativo não foi aceito nos Estados Unidos de forma oficial. O governo norte-americano não reconhece o Natural Cycles como uma forma segura contraceptiva.

Siga a página Maternidade
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!