Toda mulher já imaginou seu próprio casamento dos sonhos, em que usará um belo vestido branco e caminhará pelo corredor de uma igreja, enquanto o amor de sua vida está esperando no altar. Este é um dos momentos mais memoráveis da vida de qualquer mulher. Então, ela colocará todo seu tempo, esforço e criatividade para tornar esse dia especial. Porém, não foi oque aconteceu com essa jovem que foi abusada na noite de núpcias por um homem que fingiu ser o seu esposo.

O pior de tudo é que os familiares do noivo pedem a anulação do casamento.

Entenda com tudo aconteceu

Uma noiva de apenas 18 anos ficou atônita ao acordar ao lado de um homem que pensava ser seu marido. Após o caso de estupro, a noiva foi rejeitada pela família do noivo, que pediu a anulação do casamento. Os nomes dos envolvidos não foram revelados.

Homem estupra noiva aproveitando que o noivo estava bêbedo

O suspeito, identificado como Chhoen Chanseng, de 18 anos, admitiu ter cometido o crime, alegando que ele amava a noiva o tempo todo.

Quando ele soube que o noivo adormeceu por estar bêbado, viu uma oportunidade para ficar com a vítima. Conforme informações repassadas pela imprensa local, as luzes estavam apagadas quando a ação aconteceu. Por essa razão, a noiva adolescente não sabia que um homem diferente veio dormir ao lado dela.

Depois de ter relações sexuais, eles adormeceram juntos. Só então, quando a mulher acordou, percebeu que havia outro homem com ela na cama.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

Ela gritou por socorro, e o suspeito fugiu do local. A Polícia foi acionada. Assim que os policiais chegaram ao local, a mulher estava desesperada. Policiais fizeram uma ronda na localidade e o sujeito foi preso horas depois.

Homem disse que amava a noiva

Segundo o porta-voz da polícia, Pov Chivy, da província de Prey Veng, o acusado admitiu que teve relações sexuais com mulher. Afirmou amar a vítima,mas como era de uma família pobre, não teve coragem de fazer uma proposta de casamento à jovem.

De acordo com o porta-voz, a família da mulher viu o rapaz na sala no momento em que ela gritou. O chefe da polícia confirmou a veracidade dos fatos e acrescentou que os familiares da vítima flagraram ele nu no quarto da garota.

O suspeito ainda confessou que tinha pensado em estuprar novamente a mulher, mas adormeceu. A família do noivo quer que o casamento seja anulado e também pede a devolução do dote de mil libras.

Caso ele seja condenado, o jovem pode passar até 10 anos na prisão. O caso continua sendo investigado.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo