Com muita frequência se noticia casos de abuso sexual por parte de líderes religiosos, sejam eles da igreja católica, ou da igreja evangélica.

O caso em questão entretanto, é um pouco diferente, pois trata-se de um pastor que confessou que abusava sexualmente de uma criança, e que após pedir perdão foi aplaudido de pé pela igreja que chefiava.

O caso é do pastor Andy Savage, de 42 anos de idade. Ele é pastor da imensa igreja de Hightpoint Church, na cidade de Memphis, no estado de Tenesse nos Estados Unidos da América. [VIDEO]

Denúncia abalou a igreja

A denúncia envolvendo o pastor Andy aconteceu por parte de uma fiel após os escândalos envolvendo atores e diretores do estados Unidos virem à tona em 2017.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Polícia

Nesta ocasião, Jules Woodson, que na época tinha 17 anos de idade, resolveu desabafar e falar do abuso que sofreu por parte do pastor Andy.

Woodson disse que era um dia comum, quando pegou uma carona com o pastor.

Na época, Andy tinha 22 anos de idade e era o ano de 1998. Ele era o pastor de jovens de uma igreja na cidade de Houston [VIDEO], no estado do Texas e, após o abuso, ele se desligou da igreja e nunca mais teve contato com a menina em questão.

Revelação em um blog da internet

A revelação do abuso sexual vivenciado por Woodson veio à tona quando ela publicou em um site cristão a experiência que viveu na época. Ela disse que na época ficou muito assustada e que fez o ato sexual, pois ficou com medo. Ela revelou que procurou o pastor, chefe da igreja, após o ocorrido, mas ele pediu para ela não falar nada e ficar quieta, que tudo se resolveria.

Perdão dos fiéis

Andy então tomou ciência da denúncia e ficou com aquilo em sua mente. Em um dos seus sermões na igreja em que hoje é pastor, ele confessou que há mais de 20 anos teve um incidente com uma jovem e que pensou que tudo tinha se resolvido naquela época, disse que sentia-se mal e pediu perdão para toda a sua comunidade.

Neste momento, o pastor chefe de Andy fez uma oração poderosa para ele e para a senhora Woodson, dizendo que ficava triste em saber que a ela não tinha alcançado a cura que Andy alcançou. Após a oração, todos os fiéis se levantaram e aplaudiram por mais de 20 segundos o pastor abusador, deixando claro o perdão concedido.

Como os cultos da igreja são transmitidos pela internet, logo muitos tomaram ciência dos fatos e se revoltaram contra a igreja que estava acobertando um abusador de menores.

A notícia tomou conta de vários noticiários dos EUA.