Um caso de violência sexual contra uma menina de apenas 9 anos veio à tona esta semana e está causando uma grande revolta não só na cidade onde aconteceu, mas em todo o planeta. Conforme informações, a menina era abusada sexualmente pelo próprio pai desde que tinha apenas 6 anos de idade. [VIDEO]

Porém, devido aos abusos, que eram constantes, a menina ficou grávida do próprio pai. De acordo com a imprensa local, o mais surpreendente de tudo é que a mãe da menina sabia o que estava acontecendo e nunca fez nada para ajudar a filha. O crime aconteceu na cidade de Tacna, no Peru.

A menina, que não teve a identidade revelada, fez uma cesariana no Hospital Regional Hipólito Unanue, na mesma cidade onde a família mora.

Os médicos que atenderam a menina ficaram surpresos com a gravidez. A bebê, além de filha da criança, também é sua irmã.

Missionárias ajudam a menina a cuidar do bebê

Na cidade onde o caso aconteceu, há um abrigo para onde a menina foi levada. No local, a garotinha recebe o apoio necessário para o caso e passa por atendimento psicológico. A imprensa local não informou se o pai da menina foi preso pela Polícia.

Conforme informações, o abrigo existe há mais de 81 anos e abriga vítimas de abusos sexuais. No ano de 2011, o Congresso Nacional peruano fez uma homenagem pelo trabalho prestado pela entidade.

Segundo relatórios, entre os anos de 2011 a 2016, cerca de 12 mil casos de abusos sexuais contra crianças foram registrados no país e oito crianças com idade de 9 anos ficaram grávidas. Porém, há fortes indícios que o número pode ser bem maior, pois, alguns casos não são revelados.

Conforme registros do governo, em média, quatro meninas menores de 15 anos se tornam mês todos os dias.

Outro caso semelhante

O caso mais alarmante onde uma criança deu à luz um bebê aconteceu no ano de 1939, também no Peru. A menina foi identificada como Lina Medina, e na época tinha apenas 5 anos quando ficou grávida. Até nos dias de hoje a ciência nunca conseguiu explicar a gravidez de Lina.

Conforme informações, a menina nunca revelou quem era o pai da criança. Na época, o pai de Lina chegou a ser preso, mas foi posto em liberdade porque não havia provas suficientes de que ele era o abusador da filha.

Leia também

Mulher aparece em vídeo fazendo oral em homem para ganhar bebidas grátis; veja [VIDEO]

Pai se passa por filha de 11 anos, marca encontro e agride aliciador; veja [VIDEO]

Mãe denuncia companheiro após gravar vídeos dele abusando da filha de 12 anos [VIDEO]