Algo de inusitado aconteceu na Sibéria, a população se encontra em estado de alerta a respeito de um rio local que amanheceu totalmente avermelhado. Ainda não foi identificada a causa, porém é necessário todo o cuidado devido até que estudiosos identifiquem o que causou o problema e as pessoas que dependam do rio estejam seguras quanto a sua saúde.

As águas ganharam essa tonalidade estranha no decorrer de uma semana, e agora o que mais a população teme é que essa coloração diferenciada alcance outros rios que se localizam perto do mesmo, inclusive chegue às plantações e reservatórios.

As imagens mostram a cor vermelha não natural do rio e pressupõe que seja consequência de poluição vinda de uma fábrica que está perto.

No entanto, os especialistas dizem que até agora não puderam identificar a causa e divulgar à população. O caso está repercutindo nos meios de comunicação e ganhando grande divulgação, pois algumas agências de notícias chamam de "bomba bíblica".

Os residentes na região de Tyumen reclamam que as autoridades estão lentas para verificar se existem riscos para a saúde.

Maria Parashchenko, da aldeia de Novotarmansky, disse que começou ar repara que o rio Molchanka ficou vermelho ou vermelho-laranja a cerca de uma semana atrás. A cor incomum é melhor notada entre os assentamentos de Novotarmansky e Molchanova.

Ela acrescentou que a cor não parece mudar de tonalidade ou intensidade.

Outro residente disse: "Isso pode ser muito grave".

Alexander Rein, que é o diretor-geral do Departamento de Recursos Hídricos e Ecologia da Região de Tyumen, comunicou a imprensa de Tumix que ainda estão tentando achar qual seria a possível fonte de contaminação.

Alguns funcionários que estão responsáveis pelo caso se deslocam diariamente ao longo do rio, verificando se isso tem procedência de contaminação proveniente de despejo de empresas locais. As amostras de água foram tomadas ao longo da área contaminada para análise e verificação dos resíduos encontrados. Estudiosos comunicaram que estão trabalhando na questão e esperam chegar ao fundo das próximas 24 horas

A autoridade regional Irina Miteva disse: “A equipe de especialistas que examinaram a área não encontrou vestígios de descargas de esgoto”. Miteva ainda comunicou à mídia que todos os procedimentos legais e laboratoriais estão sendo realizados, as amostras de água já foram enviadas e agora só resta aguardar o resultado até os próximos dias. Os moradores locais estão preocupados com o fato de a poluição fluir a jusante e poderia envenenar os reservatórios que abastecem a cidade petrolífera de Tyumen [VIDEO].