Um homem contraiu uma doença muito rara após fazer um gesto simples, que muitos fazem diariamente. Há quem diga que esses casos são de puro destino, e o fato é tão incomum que não se torna difícil de aceitar a situação. Antoine Boylston, de 31 anos, um técnico de serviço, estalou os dedos no trabalho em abril de 2016, o que resultou em um dedo amputado e o deixou "parecendo um zumbi".

A infecção devorou ​​a mão e o cotovelo, fazendo com que seu dedo mindinho ficasse pendurado e ele precisou de pele enxertada de sua coxa na parte de trás da mão para tentar remediar. Depois de sofrer operações que envolveram cortar parte do braço para evitar a propagação da infecção, Boylston agora tem apenas dois dedos funcionais na mão direita.

A doença chama-se fascite necrotizante e, segundo os médicos, ele poderia perder toda a mão ou até o braço se não fizesse a operação rapidamente.

Bactéria que come carne não é apenas em filmes

"Eu só tinha ouvido falar de vírus [bactéria] comendo carne de filmes. Eu não pensei que fosse uma coisa que as pessoas poderiam realmente se contaminar ", disse. Boylston, que publicou imagens de sua mão infectada ao longo de sua recuperação e elas são completamente chocantes. A infecção se desenvolve quando a bactéria entra no corpo, muitas vezes através por um pequeno corte. À medida que as bactérias se multiplicam, liberam toxinas que matam o tecido e cortam o fluxo de sangue na área. A reprodução dos microrganismos é muito rápida, o que as torna mais violenta ainda.

Os sintomas da bactéria comedora de carne passam por manchas vermelhas na pele, lesões que aparecem rapidamente, sudorese, calafrios, febre e náuseas.

A falência e o choque de órgãos também é complicação comum.

A cura da doença é feita com poderosos antibióticos, dos mais fortes que são conhecidos pelo homem, além da retirada da pele prejudicada extraindo-se também o micro-organismo. No mundo são 500 a 1.500 casos relatados por ano, mas 20 a 25 por cento das vítimas morrem, ou seja, a letalidade é muito alta.

Sintomas apareceram minutos depois

Cabe explicar que o homem tinha um ferimento nos dedos e, por conta disso, o estalo fez apenas o micro-organismo entrar na corrente sanguínea. Momentos depois ele já se sentia enjoado. "Quando cheguei, minha mão direita começou a escurecer e a inchar", revelou.

Ao chegar no hospital, os médicos perceberam não se tratar de nada usual, já que os dedos estavam necrosando. Ele teve material extraído e enviado à biópsia que revelou a presença da bactéria mortal.

"Parecia algo de um filme zumbi", revelou.

Segundo ele, a sensação era de enfiar o braço em um balde de gelo e depois deixava de sentir partes do membro.

Ele também relatou a dificuldade de ter apenas dois dedos funcionais e não ter mais o dedo mindinho, mas agradece por estar vivo.

Mais notícias sobre o mundo bizarro

Criança sente dores na barriga e descobre gravidez de 9 meses; pai é o irmão [VIDEO]

Homem dilacerou esposa ao descobrir que ela não era virgem; violência assusta [VIDEO]