As redes sociais sempre estão mostrando a realidade de pessoas que travam a luta contra o câncer. Há diversas campanhas que arrecadam dinheiro para quem precisa fazer cirurgias caríssimas no exterior, e até mesmo algumas pessoas usam suas redes para motivação pessoal [VIDEO].

Quando uma luta chega ao fim sem vitórias é sinal de que uma família perdeu uma parte de, porém, muitos se veem em uma situação de levarem o incentivo a outros que, naquele momento, passam pela mesma situação. Isso é o que uma corrente do bem faz com aqueles que sofrem com uma doença terminal [VIDEO].

Pai raspa cabeça e tatua cicatriz para incentivar o filho

Um caso recente chamou a atenção e fez muitas pessoas refletirem acerca de dar valor à família e à vida.

Um pai, após ver o seu filho lutando contra o câncer, e sendo obrigado a raspar a cabeça por conta das sessões de quimioterapia, tomou uma atitude que motivasse o filho a continuar. O pai decidiu raspar sua cabeça e tatuar a mesma cicatriz que o filho.

Gabe, seu filho de apenas 9 anos, lutava contra o câncer em seu cérebro, tido pelos médicos como raro. Após sucessivas cirurgias para tentativa de remoção do câncer, o pequeno Gabe Marshall ficou com uma cicatriz enorme na lateral da cabeça.

Com o depoimento dos pais, a cicatriz que seu filho possuía deixava sua aparência mais triste, e o menino, ao se ver no espelho, achava que era um monstro. Para dar apoio ao seu filho, o pai não pensou duas vezes e se obrigou a tatuar uma "cicatriz" semelhante para assim lhe dar apoio emocional.

Josh sempre costumava dizer coisas que deixassem seu filho mais forte.

Uma das frases que ele mais repetia era que, se alguém passasse a olhar demais a cicatriz do menino, ao mesmo tempo teria que olhar a dele também, e assim ele ia perceber que não estaria sozinho nessa trajetória. Tudo o pai usava como forma de motivação e perseverança para o filho se sentir bem naquela luta. A atitude realmente funcionava, pois o menino perseverou enuquanto pôde nessa dura batalha.

Gabe Marshall após grande luta contra o câncer morreu na última quinta-feira (8)

Depois de tanto lutar e passar por tantos problemas sendo apenas uma criança, Gabe não resistiu a tanto sofrimento que lhe estava acometendo, e nessa última quinta-feira (8) o menino deu o último adeus ao amado pai.

Josh, seu pai, que estava sempre ao lado do filho, ficou bastante comovido e abriu seu coração dizendo que Gabriel, naquele momento, havia ganhado asas e que não somente perdia seu filho, mas o seu companheiro e melhor amigo. A sua mãe também falou que Gabe era um excelente filho e o seu coração era sem tamanho.

O menino faleceu nos braços de Josh, e perto de sua família.