Rachael Biscoe, de 44 anos, rasgou testículo do noivo com o anel de diamantes, o mesmo ganhado no noivado, depois de ouvi-lo conversar ao telefone com uma suposta amante. Ela disse ter ficado fora de si ao ver Trevor Camp, de 50 anos, na cama com roupas interiores, falando com uma chinesa, que, segundo ela, já desconfiava que fosse amante do noivo.

Em meio à discussão por causa da mulher, Rachael rasgou o testículo do parceiro com o diamante do anel de noivado, o mesmo dado a ela no pedido de casamento.

Trevor Camp relatou à polícia que estava sangrando muito e sentiu forte dor na virilha. Ele disse que no momento acreditou ter sido esfaqueado pela noiva.

A mulher apontada como amante ouviu toda a briga e deu a mesma versão relatada pelo homem aos oficiais. Houve investigações, mas não foi localizado nenhum objeto ou arma no apartamento onde ambos moravam, na vila de Poundbury, perto de Londres, na Inglaterra.

O julgamento

Rachael Biscoe informou que estava alcoolizada e no momento da agressão contra o companheiro não percebeu a gravidade do que havia feito.

Por esse motivo, ela resolveu sair com o cão de estimação para passear, após o acontecimento, pois, de acordo com a acusada, não acreditou que seria algo sério.

O homem ligou desesperado pela chegada da ambulância na noite do dia 8 de dezembro passado. Ele foi levado para o hospital, e a equipe médica de plantão realizou o atendimento. No entanto, Trevor precisou ir novamente ao hospital para fazer uma cirurgia por causa de uma infecção na área que foi ferida.

Elizabeth Valera, que é relatora do caso, relatou ao magistrado, durante o julgamento, que o casal estava juntos há seis anos, e que nos últimos dias ocorreram muitas discussões e desentendimentos entre eles. Rachael Biscoe foi condenada a quatro meses de prisão por ter confessado o crime contra o companheiro.

O júri de Weymounth desistiu da decisão tomada pelo juiz, eliminando dois meses da pena de Rachael por avaliar que ela estaria em um momento de nervosismo.

Também levou em conta os problemas da acusada com o álcool, o que teria contribuído com que ela agredisse o noivo. A ré terá ainda que pagar uma indenização de R$ 1,3 mil ao ex-companheiro e passará 20 dias na reabilitação, além de cumprir mais de 150 horas de serviços voluntários.

Rachael e Trevor não mantiveram o relacionamento após a agressão. Ele se mudou para China, onde trabalha como travesti e vive com a mulher com quem conversava ao telefone no momento em que foi ferido pela ex-noiva, segundo o site do jornal britânico Daily Mail.

Siga a página Mundo
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!