“Você viu o incrível acontecimento do nascimento de um bebê nos corredores do hospital?”, disse a fotógrafa Tammy Karin, que divulgou, nesse último sábado, (3), o nascimento do pequeno Maxwell no dia 24 de julho do ano que passou. Jéssica, a mãe da criança, acabou sendo pega de surpresa enquanto caminhava através dos corredores de um hospital nos Estados Unidos, já que a bolsa tinha se rompido. Ela já tinha passado pela experiência de partos durante cinco vezes, no entanto, a mãe conta que esse parto foi o mais improvável de todos. [VIDEO]

Jessica Wright Hogan disse que já vinha sentindo as contrações desde 19 de julho e decidiu ir para o hospital por volta das 5 horas da manhã, já que vinha sentindo contrações a cada 3 minutos na madrugada do dia 24.

A mãe da criança disse que ela e o pai estavam achando que tinham chegado os estágios iniciais e sinais de que ela teria o filho, mas Jessica disse que chegou um momento em que ela já não tinha mais certeza de nada. [VIDEO]

Jessica caminhou pelos salões de emergência do hospital e já vinha fazendo cerca de quatro horas de trabalhos na banheira, com o objetivo de ter um parto natural e livre de intervenções. Mas o pai e a mãe de Maxwell decidiram ir para casa, já que perceberam que não estavam obtendo sucesso com as atividades que vinham fazendo. Nos dias anteriores, eles também tentaram fazer estimulações para que o bebê começasse a esboçar movimentos para ter um parto natural, mas nada disse conseguiu obter sucesso. [VIDEO]

Atenção: o vídeo abaixo contém imagens de um parto natural.

Jessica contou que já estava perdendo as esperanças de conseguir calcular com clareza sobre como e onde aconteceria o seu parto, ela já estava receosa que pudesse passar por problemas na hora do parto e acabar recorrendo a intervenções cirúrgicas.

Mas no dia do parto natural, Jessica conta que ficou acordada até as duas horas da manhã e chegou a escrever para um grupo de amigas, em uma rede social, que é repleto de mulheres grávidas e se queixou de contrações, antes do sono chegar, além de estar com medo de que Mawuell decidisse vir ao mundo em uma hora em que ela não estivesse pronta, junto ao marido, para correr para o hospital e deitar em uma cama.

Mas o momento era aquele e a mãe da criança sentiu as fortes contrações, quando a bolsa se rompeu e eles partiram para o hospital. “ Jessica avisou ao marido que era melhor ter a criança em casa mesmo. No entanto, eles conseguiram chegar ao local, mas não houve tempo da mãe conseguir se deitar em uma cama e ter o seu sexto filho: Maxwell insistiu em nascer nos corredores de um hospital dos Estados Unidos.