Um pastor evangélico casado está sendo acusado de luxúria e exposição indecente com um homem nu dentro do carro. Conforme relatos, ele retrucou as acusações, alegando que a polícia tinha entendido mal o que realmente aconteceu.

De acordo com a imprensa de Homestead, município localizado na Flórida (EUA), policiais responderam a uma chamada em relação a duas pessoas em um veículo suspeito estacionado em um bairro residencial. O incidente aconteceu por volta das 11h30 da última sexta-feira (9), segundo o site da TV KDKA, afiliada da CBS em Pittsburgh.

Pastor é flagrado com homem amarrado dentro de veículo

Quando os policiais chegaram ao local informado, eles encontraram o suspeito identificado como George Nelson Gregory, de 61 anos, de Munhall, Pensilvânia, no banco da frente de seu veículo, com um homem não identificado amarrado em uma corda de nylon no banco traseiro.

De acordo com o relatório da polícia, quando os oficiais questionaram Gregory, ele disse que os dois estavam brincando e que ele e o outro homem se encontram de vez em quando.

O homem não identificado disse à polícia que os dois se encontraram consensualmente.

Testemunha afirma que viu homem nu saindo de dentro de carro do pastor

Uma testemunha afirmou que viu o segundo homem sair do veículo sem roupa, o que aconteceu na frente da janela do quarto da filha. Gregory afirmou que a polícia interpretou mal o que aconteceu naquela noite. "Não fiz nada de errado", disse Gregory.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Religião

Ele acrescentou que a polícia só investigou seu carro porque suspeitava que alguém estava inconsciente no assento.

"Eu estava aconselhando um jovem com um problema de drogas. Isso se tornou estranho, mas não estava fazendo o que pensaram estava fazendo, ok? E fiquei inflexível por estar participando desse jeito. Então foi quando a polícia parou, e eles assumem as coisas, mas estou de pé e mantenho a minha história”, disse o pastor.

Gregory é um pastor da Waterfront Christian Community Church, em Homestead. Ele faz parte da equipe de liderança da congregação, que consiste em três outros pastores, de acordo com o site da Igreja.

Pastor afirma que o homem queria algo a mais com ele

"Não vou negar que ele começou a tirar a roupa e me propôs, mas neguei, eu não fiz nada", disse Gregory. O pastor e o suspeito não identificado responderão inquérito por a luxúria aberta e exposição indecente.

Porém, o pastor alegou que ele estava completamente vestido no dia do incidente. "Não há nenhuma razão para eu ser indiciado por luxúria", disse o pastor.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo