Com seu icônico rótulo vermelho e com a famosa receita secreta, tem sido um dos refrigerantes mais conhecidos de todo o mundo há mais de um século. Agora, no entanto, a Coca-Cola [VIDEO] está à beira de um novo capítulo - com planos para lançar sua primeira bebida alcoólica.

O Projeto

Atualmente, a empresa está experimentando a criação de um tipo popular de alcopop japonês, uma bebida conhecida por ter baixo teor de álcool entre 3 e 8%, popularmente chamada de Chu-Hi ou chuhai, que é o álcool shochu destilado misturado com água gaseificada.

A bebida enlatada da coca com baixo teor de álcool será lançada no Japão, juntamente com outras inúmeras bebidas aromatizadas já bem famosas localmente, os Chu-Hi ou chuhai - de kiwi a yuzu - espalhadas em prateleiras de lojas de conveniência em todo o país asiático.

Confirmando a ideia da bebida em uma entrevista no site da empresa, Jorge Garduño, presidente da Coca-Cola no Japão [VIDEO], disse: "Esta é uma bebida enlatada que inclui álcool; Tradicionalmente, é feito com uma bebida destilada chamada shochu e água gelada, além da inclusão de alguns aromas adicionais".

A Problematização

O termo "alcapop" no Japão, deriva-se da mistura da palavra alcohol (álcool em inglês) e pop (maneira popular de se falar refrigerante na língua inglesa). Existem vários tipos de alcapop mundo afora, nos anos 90 por exemplo surgiram inúmeras marcas especializadas nesse tipo de segmento, algumas até hoje bem famosas no Brasil, como a Smiirnoff Ice e a Bacardi Breezer, que são uma espécie de "alcapop". Posteriormente, outras marcas famosas no Brasil e no mundo lançaram também bebidas semelhantes, e que até hoje andam em alta.

A Coca-Cola nos últimos tempos tem diversificado bastante sua frota de produtos, além de refrigerantes também passaram a fabricar sucos, águas gasosas, águas aromatizadas e até mesmo chás. O problema é que todas essas bebidas são mundialmente conhecidas e consumidas por todo tipo de pessoas e de todas faixa etárias. É um produto popular e com bastante consumo entre os jovens. O analista financeiro Bonnie Herzog da Wells Fargo nos EUA, alertou que agora a Coca-Cola vai explorar um novo segmento: a de produtos voltados apenas para o público adulto.

A problematização vem em cima do fato de que a Coca é famosa pela sua produção de bebidas adocicadas e viciantes, então a produção de "refrigerantes alcoólicos" incentivaria os jovens a consumir bebidas com álcool sem moderação, além de facilitar a iniciação de pessoas ao consumo de álcool.