2

De acordo com informações divulgadas pelos sites Metro e Mail Online, uma brincadeira realizada por alguns universitários do Reino Unido [VIDEO] terminou de forma trágica, quando um jovem acabou se suicidando [VIDEO] por causa da possível repercussão de uma informação espalhada de forma irresponsável pelos seus colegas.

Edward Senior, de 22 anos de idade, era um estudante de ensino superior que estava cursando a Escola de Medicina de Swansea (Swansea Medical School), a qual integra uma faculdade situada no município do qual herdou seu nome – a cidade de Swansea, no País de Gales.

O jovem acadêmico se destacava em algumas modalidades esportivas, e por isso fazia parte do time de rugby da universidade.

O incidente desastroso envolveu justamente este grupo de atletas, que costumam usar um site da internet onde mensagens privadas são compartilhadas entre amigos mais próximos.

Senior decidiu usar este espaço virtual para contar detalhes minuciosos a respeito de um breve relacionamento que ele manteve com uma universitária atraente. O problema é que, de posse dessas informações, seus amigos resolveram fazer uma "pegadinha", e compartilharam o conteúdo íntimo com centenas de estudantes do campus de Swansea – o qual, inclusive, chegou até a ser lido pela garota com a qual Senior se envolveu.

Desespero e medo

Depois que a mensagem particular se espalhou, Edward Senior (cujo apelido era “Ted”) ficou extremamente envergonhado, e temeu que, por causa do que havia escrito, fosse expulso da faculdade, o que poria um fim ao seu sonho de se tornar um médico.

Entristecido e perturbado com o incidente, o jovem saiu da universidade e foi até a propriedade de sua família – uma fazenda situada em Monmouth, a quase 100 km de distância da instituição de ensino. No local existe um bosque, e foi em meio às árvores que Senior decidiu tirar a própria vida se enforcando.

O irmão do suicida, Max, afirmou que seu parente entrou na universidade "depois de anos de trabalho duro e sacrifício", ressaltando ainda que "Ted" era um companheiro para todas as horas, e sempre fazia o que estava ao seu alcance para ajudar pessoas necessitadas.

Segundo o Mail Online, os pais de Senior, Paul e Diana, não quiseram falar publicamente sobre a morte do filho, pois estão abalados com a sua perda.

A polícia local está investigando os eventos que levaram ao suicídio, e ainda deve entrevistar os colegas de faculdade do jovem morto para tentar esclarecer a tragédia.

Procurada para prestar esclarecimentos, a Universidade de Swansea se recusou a comentar se "Ted" havia sido ou não suspenso nos dias que antecederam o incidente fatal.