2

Sua construção teve início em 1929 em Kyoto, sob condições ilegais de trabalho, já que a escravidão foi abolida no século XVI no Japão [VIDEO]. Havia um contrato de trabalho com as seguintes condições: não receber salário ou receber e devolver para o empregador.

As circunstâncias sobre quais os trabalhadores desenvolviam seus papéis eram precárias, levando-os à morte. Não existe um número exato de trabalhadores que morreram construindo o túnel.

Em uma antiga lenda japonesa, os trabalhadores que morriam construindo determinados locais, principalmente túneis e pontes, eram enterrados na própria construção, dentro dos muros.

O Túnel Kiyotaki possui 500 metros de comprimento e é íngreme, a largura permite apenas passar um veiculo por vez. Originalmente o túnel foi construído para dar acesso à Ferrovia Atago-Jinja, para atrair pessoas ao Santuário de Atago-Jinja.

Antes de entrar no túnel há uma luz vermelha. É preciso parar diante o túnel e esperar a luz ficar azul. O motorista só poderá passar pelo túnel se a luz estiver azul, o que significa que está disponível para passagem.

Algumas pessoas dizem que quando a luz fica azul é um espírito que está o convidando para atravessar. Quando você passa para o sinal vermelho, você corre o risco de encontrar o espírito dentro do túnel.

Rumores sobre o Túnel Kiyotaki

  • Muitos relatam ver uma mulher vestida de branco. Algumas vezes as pessoas tem a impressão de ver essa mulher de branco cair em seus capôs, ou então a ouvem gritar. Seu grito ressoa ao longo do túnel até o carro sair do túnel.
  • Pessoas contam que a distância percorrida pelo túnel é diferente em suas direções opostas.
  • Existe a história de que pessoas ouvem sussurros ao passar pelo túnel, uma voz que diz "volte para casa" ou "eu vou te matar se você não voltar".
  • Há 30 anos houve o rumor de que uma mulher se suicidou dentro do túnel. Desde então, algumas pessoas param seu carro na entrada, desligam as luzes e um chifre é jogado no local como uma homenagem a um local de suicídio.

O espelho de cabeça pra baixo da Estrada Huan nº 137

Na saída do túnel existe um espelho em uma posição estranha, que foi instalado para segurança rodoviária.

Os guardas dizem que a peça foi instalada para dar visibilidade para aqueles que estão indo e vindo. Porém, o espelho está instalado de uma maneira que apenas se vê o que tem embaixo dele.

Existe um boato sobre o espelho. Dizem que quem fica embaixo dele e se olha consegue ver espíritos. Se a pessoa não enxergar seu reflexo no espelho, ela está destinada a morrer em um curto período de tempo.

É possível ir ao túnel de carro ou de moto. Também pode-se pode pegar um ônibus para passar pelo local. Ele sai de Kyoto, linha 94, da Estação de Hankyu Arashiyama e passa pelo túnel. Por ser um túnel íngreme é mais provável se deparar com um acidente do que com um fantasma.