Os crimes de violência doméstica têm crescido a cada ano no Brasil e em vários países mundo. De acordo com pesquisa realizada no ano passado, os países que lideram o ranking de violência são Honduras, Venezuela, El salvador, Jamaica, Guatemala e Colômbia, nessa ordem. Os principais afetados por esse tipo de crime são mulheres e crianças, por se tratarem de vítimas mais frágeis. Muitos dos casos acontecem por motivos fúteis, entre pais e filhos ou marido e esposa, que em grande parte das vezes acabam em morte.

Na foto acima pode-se ver uma família aparentemente feliz composta da mãe, da filha e do pai Jason Bittner, um homem de 33 anos que está respondendo a processo de agressão e de pôr em risco a vida de sua filha de somente 3 meses de idade.

De acordo com o veículos de mídia dos Estados Unidos, a atitude grotesca do pai ocorreu porque ele queria que a criança que sua esposa estava esperando fosse um menino ao invés de uma menina. homem acabou ficando frustado com o nascimento da criança e desferiu vários golpes ao corpinho da menina.

Após as agressões, a criança ficou com danos na cabeça e várias fraturas pelo corpo e felizmente não chegou a óbito. O agressor, que mora no estado de Ohio, nos Estados Unidos, tem mais 2 filhas. A mais nova nasceu em novembro do ano passado. Na foto é possível ver o homem aparentemente contente com o nascimento do bebê, imagem postada pela mãe [VIDEO]. Porém, de acordo com informações divulgadas pelo procurador responsável pelo caso, David Fornshell, o pai [VIDEO] da criança estava, na realidade, bastante insatisfeito por não conseguir ter um filho do sexo masculino com o qual sonhava.

A história começou, segundo investigações, depois que a mãe da menina, Case Bittner, chegou no hospital onde havia dado à luz, dizendo que tinha ocorrido um equívoco e que as enfermeiras haviam entregue aquele bebê por engano. Os médicos responsáveis ouviram a versão de Case, mas não acreditam e decidiram encaminhar o caso para a polícia para averiguação. A polícia então começou a investigar o fato e descobriu o que realmente havia acontecido. O homem agora está preso e aguarda andamento do processo e julgamento. A mãe teve que prestar esclarecimentos para andamento do caso. A Delegacia responsável pelo ocorrido não informou se o agressor já tem passagens pela polícia.

Ohio é um dos 50 estados dos Estados Unidos, localizado na Região Centro-Leste do país. O lugar tem uma das mais altas taxas de violência do país.