Uma professora de 27 anos foi presa na manhã de quinta-feira (22), em Goodyear (Arizona, EUA) após fazer sexo com um aluno de 13 anos. [VIDEO] A professora foi identificada como Brittany Zamora. A docente é acusada de manter relações sexuais com um menino de treze anos na Academia Las Brisas, em Goodyear, no Arizona. O caso repercutiu em todo os Estados Unidos. [VIDEO]Os abusos da "teacher" ocorreram diversas vezes, acredita-se, até, que o envolvimento aconteceu também fora da escola. A professora é especialista em ensinar inglês para pessoas que não tem o idioma como nativo.

Mesmo casada, professora americana faz sexo com aluno em escola americana

A mulher foi detida na manhã de quinta-feira depois que o suposto caso foi descoberto pelos pais do garoto.

Eles ficaram revoltados após descobrirem tudo. Mensagens de texto foram encontradas no telefone do adolescente, o que sugeria atividade sexual entre os dois, dentro e fora do campus da escola. Alegações sobre má conduta sexual foram sinalizadas para o diretor da escola, que depois passou as acusações para a polícia. A partir daí, iniciou-se a investigação. Os investigadores acabaram descobrindo que, por pior que parecessem, as acusações eram mesmo reais. Zamora havia se casado há cerca de três anos, antes que as acusações surgissem. Mesmo com um marido, ela continuou a realizar o terrível ato contra o aluno.

Escola estuda se outros alunos também teriam sido abusados por professora

A professora evitou perguntas de repórteres quando eles filmaram sua prisão. Os pais que tem alunos na escola onde a professora trabalhava foram informados por uma mensagem automática detalhando a investigação.

Alguns ficaram surpresos e nem desconfiavam do comportamento da docente de inglês. O Departamento de Polícia da Goodyear disse estar preocupado que mais estudantes possam ter se envolvido com a professora . Autoridades do distrito disseram que estão organizando aconselhamento para a vítima abusada, além de pesquisar se outros estudantes também teriam sido afetados.

Um porta-voz da Academia Las Brisas disse: "A investigação está em fase preliminar e, à medida que mais informações estiverem disponíveis, nós atualizaremos você. "Embora a lei de privacidade dos funcionários não nos permita comentar os problemas dos funcionários, tomamos as medidas corretivas para separar os alunos e o funcionário e relatamos o incidente ao Departamento de Polícia da Goodyear para investigação.