O versão gay da Santa Ceia criada em abril do ano passado para uma festa que aconteceu na Quinta-feira Santa, em Salermo, no Sul da Itália, ainda cria polêmica. A LGBT DiverCity, responsável pelo evento, disse na época disse que a imagem onde aparecem Jesus Cristo e os seus discípulos em poses homossexuais não tinha a intenção de causar polêmica e nem ofender as pessoas que são das religiões cristãs.

Apesar disso, uma brigada conservadora na Itália disse que a imagem deveria ser censurada pelo poder público e que o evento também deveria ser cancelado – fato esse que não aconteceu.

Publicidade
Publicidade

No entanto, apesar de todo esse problema, ainda hoje o fato causa grandes divergências e debates acalorados por parte de seguidores de redes sociais.

“O Deus que sirvo e que conheço, ele não precisa de bancada evangélica para defendê-lo. Ele é Deus, se Ele quiser Ele se defende sozinho, é só deixar eles (sic) seguirem como eles querem. Eles fazem tudo pra provocar e serem vistos, não podemos entrar nesse jogo, Deus quer que testemunhamos o amor e o evangelho de Jesus como transformação de vida”, comenta um cristão seguidor das redes sociais.

Rebatendo comentários como o visto logo acima, Emanuele Avagliano, que foi um dos organizadores do DiverCity, disse, através de uma postagem no Facebook, que respeita a opinião das pessoas cristãs: “Queremos reafirmar nosso respeito pela opinião alheia, mas igualmente reiteramos com força e convicção nossa liberdade para vivermos e nos divertimos”, disse um dos organizadores.

Internautas ficam revoltados

“Nada contra o homossexual... Isso é uma ideologia criada pelo próprio anjo caído! Sou cristão convertido há 4 anos e tenho meus pecados e sei que somente a graça para me manter no caminho. A verdade que liberta (Jo 8:32) precisa ser apresentada a eles, pois somente Jesus pode os libertar e mostrar o caminho (Jo 14:6). Sei que eles não entendem o que estão fazendo. Pois, pra quem conhece a verdade, sabe que essa luta não é contra a carne mas contra o príncipe desse mundo (Efésios 6:12)”, comentou um internauta nesta terça-feira (13) sobre uma reportagem que mostra a continuidade da polêmica envolvendo o desenho.

Publicidade

“Muitos homossexuais se revoltam contra a palavra de Deus, pois sabem que isso é abominação para eles. Mandamento como esse de Levítico 18:22. ‘Não te deitarás com varão, como se fosse mulher; é abominação.’ Essa luta é muito mais espiritual do que carnal!”, completou o seguidor de rede social.

O internauta ainda continuou comentando sobre a imagem que envolve o líder do cristianismo envolto a orgia homossexual. “O espaço de aceitação que eles querem na sociedade é nada mais nada menos do que destruição de valores relacionados à família.

Pois como disse, a luta é espiritual, pois satanás busca desde o princípio a destruição dos planos de Deus, pois sabe ele que a família é o plano perfeito de Deus depois da salvação”, concluiu.

Leia tudo