Finalmente o mundo pôde conhecer o terceiro filho do príncipe William e da duquesa de Cambridge, Kate Middleton, nesta segunda-feira (23), quando o casal deixou a maternidade e posou sorridente para as fotos dos paparazzi. O menino nasceu com 3,8 kg na manhã desta segunda no Hospital St. Mary, em Paddingtton, em Londres, mesmo lugar onde nasceram os outros dois filhos do casal, o príncipe George e a princesa Charlotte.

O nome do bebê continua sendo mantido em segredo. ele é o quinto na linha de sucessão ao trono inglês. A duquesa deu entrada na maternidade já em trabalho de parto por volta das 6h (2h em Brasília) desta segunda.

O bebê nasceu às 11h01 (7h01 de Brasília).

Alguns familiares acompanharam Kate, além do marido, que deixou o hospital por alguns instantes para buscar os outros filhos para se reunirem à família. Após o anúncio do Nascimento real feito em frente à maternidade, uma placa com todas as informações sobre o herdeiro foi fixada na entrada do Palácio de Buckingham, residência dos monarcas britânicos.

O que chamou atenção de muitos foi a criança ter nascido poucas semanas antes do casamento do titio, o príncipe Harry, com Meghan Markle, no dia 19 de maio em Windsor.

A família real britânica deixou todos os súditos em suspense, quando muitos apostavam que a duquesa teriam outra menina. Eles surpreenderam-se com a chegada do novo príncipe de Cambridge, como será chamado.

As casas de apostas ficaram lotadas e todos queriam dar um palpite sobre o nome da criança. Os mais votados, segundo a casa de apostas Paddy Power Betfair, foi Mary, seguido de Alice e Victória.

Mas, todo mundo errou e a Inglaterra tem um novo príncipe. Segundo as especulações, os nomes mais votados para o bebê são Arthur, Albert, Frederick e Philip, por homenagearem membros da linhagem real no passado. Contudo, têm-se que esperar algo que possa homenagear também o lado da família de Kate.

A família real britânica

Muitos se indagam se um dia o mais novo membro da família real chegará a ser rei.

A resposta é simples e direta: bem pouco provável um dia ele sentar-se no trono para comandar a nação.

Seguindo a árvore genealógica real, ficará apenas na ‘’reserva’’, caso seu irmão mais velho, George, não possa assumir o trono. Ainda assim, tem seu avô, o príncipe Charles, que é o primeiro na linha de sucessão. Em seguido vem o pai, o príncipe William, e o primogênito, George. Portanto, é quase impossível o novo príncipe reinar, um dia, a Inglaterra.

Não perca a nossa página no Facebook!