Um homem foi preso pela polícia na quinta-feira (19) acusado de ter abusado sexualmente de uma mulher. O suspeito de ter cometido o crime é um homem de 22 anos. Para as autoridades locais, ele o principal suspeito de ter estuprado a própria mãe, de 46 anos. O crime aconteceu na casa da vítima localizada na cidade de Patan, em Gujarat. Segundo as primeiras investigações feitas pela polícia, o suspeito é viciado em filmes adultos e no dia do crime o suspeito foi até o quarto da mãe onde ela estava dormindo com o pretexto de beber água, mas acabou abusando dela.

Conforme relatos da polícia, o suspeito, antes de cometer o crime, amordaçou a vítima.

A mulher gritou por socorro, mas os vizinhos não deram muita atenção, pois as brigas entre mãe e filho eram comuns e conhecidas pelos vizinhos. A polícia informou que acusado é um viciado em pornografia e assitia vídeos adultos todos os dias em seu celular até tarde da noite. Segundo relatos, o suspeito assistia aos vídeos indecentes na frente da mãe e de uma irmã, como se nada tivesse acontecendo. [VIDEO]

A mãe do suspeito prestou depoimento e relatou que o filho já havia tentado ter relações sexuais com ela em ocasiões anteriores. "O acusado foi preso. Também enviamos o acusado e a mulher para exame médico", disse um oficial da polícia. Segundo informações da imprensa local, a vítima ficou em estado de choque profundo após o incidente e ficou mentalmente perturbada. Ela informou o marido sobre o incidente.

O suspeito foi acusado de estupro de acordo com o Código Penal Indiano.

Outro caso de violência sexual parecido

Um bebê de 4 meses foi encontrado morto após ser estuprado em um porão na área de Rajwada em Indore, Madhya Pradesh, na madrugada de quinta-feira (19). A polícia identificou um suspeito em imagens de câmeras de segurança e o levou sob custódia para interrogatório. Os relatórios da autópsia confirmaram que a criança foi estuprada. A vítima morreu dos ferimentos na cabeça que sofreu durante a agressão sexual. [VIDEO]

Na noite de quinta-feira, a criança dormia com os pais no alpendre quando o suspeito se apoderou dela. Imagem mostra o suspeito chegando ao local. Ele levou a garota em seu ombro para um complexo comercial por volta das 4h45. A filmagem mais tarde mostra-o saindo sozinho. A mãe do bebê alegou ter acordado às 5h30 e percebeu que sua filha estava desaparecida. Seus pais registraram uma queixa à delegacia de polícia de Sarafa.

O bebê foi encontrado por volta das 11h30 da sexta-feira (20), depois que um lojista a viu. A polícia recuperou o corpo que estava deitado com manchas de sangue em todas as escadas. Depois de rever as filmagens, a polícia prendeu um suspeito que é supostamente um membro da família.