Entre os anos de 1966 e 1967 a Agência Espacial Americana (Nasa) desenvolveu o programa Lunar Orbiter, constituído por cinco sondas espaciais não tripuladas. Enviados à lua para mapear e fotografar o astro, os satélites tinham por objetivo abrir caminho para as missões Apollo, iniciadas em 1969.

Na época, as cinco sondas lançadas a partir da Estação da Força Aérea de Cabo Canaveral, na Flórida (EUA), mapearam 99% do território lunar. Além de crateras e rochas, uma foto em especial tem atraído a curiosidade do pesquisador responsável pelo canal Streetcap1 (Youtube).

Na descrição do vídeo, ele analisa a emblemática imagem de um aparente ovni (objeto voador não identificado) de grandes proporções, captado dentro de uma cratera pela sonda Lunar Orbiter 3.

Conforme o ufólogo, cujo nome permanece anônimo, a foto exibida pela NASA mostra um objeto circular de características artificiais.

“Se você olhar para a área escura e o que está ao redor, você tem uma definição que é bastante em forma de pires. Parece que há janelas e a borda lisa do fundo. Você tem a parte de trás da máquina”, comenta.

Apesar de surpreender adeptos de teorias conspiratórias e repercutir em fóruns da internet e no jornal britânico Daily Star, em 18 de abril, o pesquisador ressalta, na descrição do vídeo, que a imagem já era conhecida. Porém, diz que resolveu fazer uma reanálise aprofundada do assunto.

Ainda que a NASA mantenha a mesma conduta de décadas atrás, negando evidências de supostas entidades alienígenas no sistema solar, internautas demonstram entusiasmo com a fotografia exposta pela agência.

“Bom encontrar. Obrigado pelo seu trabalho importante e seguro! Se você entrar em contato com a NASA sobre essas fotos, o que eles dizem?”, fala Marcel.

“Eu nunca vi isso antes .... Parece [uma nave] de algum tipo ... Não parece natural”, avalia John Allen.

“Wow bom encontrar, uma das melhores que eu já vi!”, celebra Lisa Dawson.

“Outro excelente vídeo”, comenta noel kelly. Veja na íntegra.

A entidade não comentou as recentes alegações acerca da pretensa espaçonave em uma cratera lunar. Contudo, essa não é a primeira vez nem será a última que objetos anômalos são observados no nosso satélite natural.

Em 2 de março, por exemplo, um astrônomo amador gravou um objeto esférico voando próximo à lua, a partir do município norte-americano de Dearborn Heights. Clique AQUI [VIDEO] para conhecer o assunto.

Para ver a imagem oficial, copie e cole o link no navegador: www.lpi.usra.edu/resources/lunarorbiter/images/preview/3073_med.jpg