De acordo com informações dos sites Mirror e Heavy, uma mulher foi parcialmente sugada para fora de um avião da Southwest Airlines nos Estados Unidos, depois que uma das turbinas da aeronave explodiu a 32.000 pés (pouco menos de 10 quilômetros) de altitude, e acabou falecendo devido a ferimentos.

O voo de número 1380, que fazia o percurso entre as cidades de Dallas e Nova York, estava transportando ao todo 143 passageiros e cinco tripulantes.

Em um dado momento, por volta das 11h:00min no horário local, ocorreu a explosão do motor no lado esquerdo do transportador aéreo – um modelo Boeing Co 737-700.

A detonação projetou estilhaços de metal, os quais quebraram uma das janelas. O incidente ocasionou a despressurização do interior do avião, fazendo com que a mulher – identificada como Jennifer Riordan, de 43 anos de idade – que estava na poltrona adjacente à janela fosse parcialmente sugada para fora.

O perigo da despressurização

Na altitude em que os jatos comerciais operam o ar é muito rarefeito, e quando há uma falha em um ponto da fuselagem, ocorre uma diferença abrupta de pressão atmosférica – a qual é mantida artificialmente no interior do avião em um nível que permite as pessoas que estão a bordo possam respirar confortavelmente.

Assim, quando o bimotor da Southwest Airlines sofreu a explosão que o danificou, a pressão interna – muito maior que a externa – encontrou um caminho sem resistência através da janela quebrada, e tudo o que estava dentro da aeronave começou a ser "empurrado" para fora – incluindo o ar respirável comprimido e o corpo de Jennifer.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Curiosidades

Máscaras oxigênio caíram de compartimentos localizados acima dos assentos após a despressurização, e um dos passageiros que estava no voo, chamado Marty Martinez, registrou um vídeo mostrando parte da situação emergencial.

Acompanhe:

Pouso de emergência

Martinez disse à rede CNN que testemunhou o momento no qual a mulher foi sugada. Segundo o homem, que se encontrava duas fileiras atrás da janela quebrada, os dois braços e a parte superior do corpo da vítima se projetaram para o exterior do Boeing, e as pessoas que estavam próximas a ela a seguraram desesperadamente, puxando-a de volta.

Assim que houve o resgate, passageiros tentaram fazer um conserto de emergência na abertura usando objetos como jaquetas, mas seus esforços foram infrutíferos.

O voo 1380 precisou fazer um pouso de emergência no Aeroporto Internacional da Filadélfia. Pelo menos sete pessoas sofreram escoriações leves, mas infelizmente Jennifer Riordan – que era casada e mãe de duas crianças – não resistiu aos sérios ferimentos que sofreu na cabeça.

A vítima vivia em Albuquerque, no Novo México.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo