Um médico foi preso e agora está sob investigação por supostamente ter matado sua amante. A Polícia tem razões para acreditar que a mulher morreu de uma overdose de drogas, depois que o médico aspergiu cocaína em seu pênis, antes do ato sexual. As autoridades estão investigando Andreas Niederbichler, de 42 anos, um dos maiores cirurgiões plásticos da Alemanha, por ter dado a mulheres drogas durante seus encontros. [VIDEO]

Os promotores revelaram que Niederbichler teve sexo consensual com uma mulher de 38 anos, em 20 de fevereiro, em seu apartamento, em Halberstadt. Porém, durante o ato sexual, a mulher começou a passar mal e desmaiou.

O apartamento do médico ficava perto da clínica. A mulher foi levada imediatamente para o hospital. Ela morreu logo depois que foi internada. O especialista em cirurgia plástica e reconstrutiva deu a sua amante cocaína sem seu conhecimento, segundo os promotores.

Niederbichler tornou-se o médico-chefe do campo de cirurgia cosmética da Harzer Clinic, em 2016. Citando a mídia local alemã, o Daily Mail relatou que o médico foi nomeado novo médico-chefe do Hospital Ameos. Seus colegas, no entanto, não tinham a menor ideia de que Niederbichler frequenta sites de namoro online para conhecer mulheres para atos sexuais. O cirurgião plástico também é suspeito de dar a outras três mulheres cocaína durantes os atos sexuais. [VIDEO]

Embora as mulheres confirmem que o ato sexual foi consensual, disseram que não sabiam que haviam recebido a droga.

Felizmente, nenhuma delas sofreu reações adversas graves. O promotor-chefe Hal Roggenbuck revelou que as outras três vítimas têm a mesma declaração sobre se sentirem mal durante seus encontros sexuais com o respeitado cirurgião. Todas elas exibiram efeitos colaterais do uso de narcóticos.

Acredita-se que Niederbichler pode ter mais vítimas. Os promotores disseram que é possível que haja mais pacientes do sexo feminino em toda a Alemanha que foram vítimas do médico, especialmente aqueles com quem ele teve relações sexuais.

Sendo um especialista de confiança em seu campo, Niederbichler realiza cirurgias estéticas em todo o país. Niederbichler foi acusado de lesão corporal que levou à morte, segundo o relatório da polícia. O médico não foi encaminhado à prisão. Foi determinado que ele passasse primeiro por uma clínica para tratar o vício.

Leia também

Mulher é morta após zombar de homem por ele não ser bem dotado [VIDEO]