Durante 35 anos de casamento com a esposa e também ter supostamente gerado nove filhos desse relacionamento intenso, um homem teve a notícia de que não é o pai de todos os filhos. Ele foi fazer um exame de rotina com seu médico e lá mostrou para o profissional da saúde que estava com uma pequena mancha em um dos testículos.

O médico fez a análise técnica da situação do paciente e, momentos depois, chegou com a notícia de que, com toda a certeza, o homem, que tinha em mente ser pai de nove filhos, na verdade, sempre foi estéril. [VIDEO] O caso aconteceu no Marrocos e foi divulgado pelo jornal do país “Al Massae”.

O marroquino, que foi casado durante 35 anos, mora em uma rica região agrícola do país, ao Norte de Rabat.

Ele trabalha como professor na região e não pensou duas vezes em pedir divórcio à esposa, depois que soube que não era o pai dos nove filhos. [VIDEO]

Indignado e sem acreditar no que tinha ouvido do médico, o professor tomou a decisão de pedir a separação conjugal. A notícia pegou a todos os familiares e amigos de surpresa. Além disso, o homem também denunciou a ex-mulher na Justiça por adultério, que é um delito penalizado no Marrocos. Caso seja realmente condenada, a ex-mulher do professor pode ir para a prisão. [VIDEO]

‘Sempre façam exame DNA’, diz um seguidor de rede social

“Vou dar um conselho a todos os homens, façam exame de DNA antes de colocar seu nome na certidão do filho. Porque depois, aqui no Brasil, não tem como desistir, é pensão na certa, sendo seu ou não.”, disse um seguidor de rede social.

O professor entrou na Justiça para também desvincular as nove crianças do seu nome, ou seja, ele não quer mais a tutela delas e intenciona literalmente sair da vida da ex-mulher e dos então supostos filhos. De acordo com o médico que fez os exames do professor, que fez comprovação documental para o jornal local provando a descoberta, o homem tinha uma lesão em um dos seus testículos desde criança.

O professor contou que de fato já tinha percebido essa pequena mancha no testículo direito há muitos anos, mas nunca suspeitou que seria algo tão grave. Para ele, isso não passaria de uma simples catapora no passado.

“Não me ocasionou nenhum transtorno”, disse o professor com relação à mancha que tem em um dos testículos desde criança. O médico que fez o exame é especialista em urologia e disse que, sem dúvida, a mancha demonstra claramente a infertilidade do paciente.

Segundo esse profissional da saúde, esse cisto impede que o homem gere filhos, ou seja, tem toda a certeza que ele não é o pai das noves crianças que foram geradas em seu casamento de 35 anos. O médico entregou uma cópia de todo o documento constatado por ele, com relação a esse paciente, onde comprova a infertilidade.