Uma polêmica e suspeita mensagem disseminada através da hashtag "#FacebookComprouTwitter" circulou pelo twitter nesta quarta-feira (18) causando polêmica. A mensagem tornou-se viral e deixou muita gente sem saber se a notícia era verdade ou era um simples boato.

A fonte desta polêmica hashtag é um Tweet postado no próprio microblog, que circulou junto a uma imagem postada. A imagem deixa claro que foi editada devido a baixa qualidade e pelo fato de mentir sobre a fonte da notícia. A hashtag da compra do Twitter pelo Facebook aponta o G1, o que não é verdade. O G1 não publicou esta falsa notícia, que de forma mentirosa segue questionando o público das redes sociais.

Twitter não lançou Moments

Diversos usuários ainda estão correndo atrás de avisar pessoas sobre essa transação devido a hashtag maliciosa. Quando uma notícia de grande impacto é divulgada no Twitter, são lançados Moments com antecedência. Esses Moments são para avisar os usuários sobre uma divulgação de grande impacto com prévio aviso. Porém, até o momento da divulgação da hashtag, não houve nenhum Moments realizado pelo Twitter sobre sua venda.

É importante frisarmos que não existem qualquer informação sobre tal transação, pois se houvesse seria destaque nas principais mídias.

O impacto desta transação seria de grande magnitude para os usuários do Twitter. Antes que a compra do Twitter pelo Facebook pudesse ocorrer, iriam vazar diversas especulações. Não se deve acreditar em tudo que é noticiado sem que sejam cruzadas várias informações sérias e bem pesquisadas.

Valor de mercado próximo do verdadeiro

O valor mencionado na falsa hashtag chega perto da cifra real do valor de mercado do Twitter. Esse estaria na casa dos US$ 23,5 bilhões, valor mencionado por especialistas do mercado financeiro.

A empresa responsável pelo microblog começou a ter margens de lucro a pouco tempo, sendo esse um mal momento para a venda.

Sendo assim, essa falsa mensagem que circulou pelas redes sociais causando um rumor falso e sem embasamento pode ser descartada. Mesmo com o grande poder de aquisição e interesse demonstrado por Mark Zuckerberg em adquirir redes sociais, ele não vai comprar o Twitter. Os usuários do microblog poderão ficar despreocupados quanto a isso, pois nada foi divulgado no Facebook e no Twitter.

Caso isso venha realmente a acontecer, o mercado irá sentir o impacto desta mega transação e se anteciparia junto as notícias.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo