Uma mulher atraiu uma sobrinha de 13 anos, a obrigou ingerir bebidas alcoólicas e deixou o namorado violentá-la [VIDEO] sexualmente. De acordo com a imprensa da Índia, o crime aconteceu na noite do último dia 22. O ataque sexual deixou a menina sangrando, o que chamou a atenção do pai.

Ela foi levada às pressas para o Hospital Baba Saheb Ambedkar, na Índia, onde os médicos informaram ao pai que a criança havia sido vítima de abuso sexual. A Polícia disse na terça-feira passada (24) que a adolescente teve que ser hospitalizada por 24 horas, mas está fora de perigo e recebeu alta do hospital.

Rajneesh Gupta, vice-comissário da polícia, disse que a tia, que tem 30 anos, foi presa e enviada para a prisão.

O suposto estuprador, identificado como Mukesh Kumar, de quase 30 anos, está foragido. Gupta disse que um caso foi registrado como estupro.

A dupla também foi incluída na Lei de Proteção de Crianças contra Infrações Sexuais. De acordo com a polícia, a vítima mora apenas com o pai após ser abandonada pela mãe. [VIDEO]

“A mãe da menina abandonou a família e a criança vive com o pai em Shahbad Dairy. Sua tia mora no mesmo bairro e cuidaria da família na ausência da mãe da menina. A mulher está em um relacionamento com Mukesh, que trabalha como motorista de caminhão”, disse um investigador.

Segundo as primeiras investigações da polícia, na noite do crime, a mulher teria atraído a sobrinha para sua casa antes de levá-la a uma área florestal próxima. Algum tempo depois, Mukesh chegou ao local.

“A mulher tentou enganar a menina para beber álcool misturando-a com refrigerantes. Quando a garota se recusou a beber, sua tia a forçou. A mulher e Mukesh também estavam bebendo”, disse o investigador.

“Uma vez que a garota estava embriagada, Mukesh a violentou, mesmo com a mulher ficando por perto. A tia da menina sabia do estupro e suspeitamos que tudo foi planejado. É por isso que adicionamos a seção do IPC referente à conspiração criminal”, disse o oficial. Depois de algum tempo, a vítima voltou para casa. [VIDEO]

Na manhã do dia 23, o pai da menina a viu sangrando e sentindo dores. Diante da situação, a jovem foi levada para uma unidade médica na localidade, onde recebeu atendimento necessário para o caso. Os médicos que atenderam a vítima informaram para ao pai que ela tinha sido vítima de violência sexual.

O homem acionou a polícia e relatou o caso. Uma equipe policial da delegacia de polícia de Shahbad Dairy foi enviada a cidade de Bihar e estão a procura do acusado. Até o fechamento deste artigo, o homem não havia sido encontrado. O caso continua sendo investigado.