As touradas espanholas, onde homens chamados localmente de "matadores" enfrentam grandes bovinos em arenas, causam muita controvérsia devido ao modo como os touros são tratados nestes eventos – grupos de defesa dos direitos dos animais [VIDEO] e muitas pessoas do público em geral têm a opinião de que o espetáculo se trata de um ato de crueldade, pois, quase sempre, a disputa termina com a morte [VIDEO] do gado, ocasionada pelo fio de uma espada cravada em seu coração.

No entanto, algumas vezes os toureiros se dão muito mal nestas exibições, e foi exatamente isso o que aconteceu no último domingo (9) em Sevilha, no sul da Espanha, quando um "matador" chamado Román Collado teve sua perna esquerda perfurada pelo chifre de um animal.

De acordo com informações divulgadas pelos sites Fox News e Mail Online, aquele duelo deveria ser o "retorno triunfal" de Collado a uma arena, uma vez que ele havia passado por um processo de recuperação que durou semanas devido a ferimentos sofridos no peito e em um dos braços, os quais foram infligidos por outro touro durante um combate ocorrido na cidade de Valência.

A vez do touro

No evento de domingo, o enfrentamento parecia estar se desenhando a favor de Román Collado, pois o touro já estava com lanças espetadas em seu dorso, e o "matador", usando a famosa capa vermelha (conhecida como "Muleta") para conduzir o animal, se preparava para dar o golpe final com uma espada.

Foi então que o bovino conseguiu perfurar a perna esquerda de Collado com uma chifrada, derrubando o toureiro no chão e indo para cima dele.

Imediatamente, vários homens se aproximaram da cena, distraindo o mamífero com o intuito de salvar o companheiro ferido. Acompanhe (contém cenas fortes):

A investida do touro abriu um "buraco" de 15 centímetros no membro inferior de Collado, rompendo um grande vaso sanguíneo. A lesão foi tão séria que o toureiro precisou passar por uma cirurgia imediata ainda na sala médica existente na arena, antes de ser levado às pressas para um hospital.

Os médicos que realizaram a operação na perna do "matador" disseram que o procedimento foi rápido, mas ressaltaram que o paciente precisará passar por testes para saber se mais intervenções cirúrgicas serão necessárias.

Collado utilizou seu perfil no Twitter para comentar o incidente, e prometeu que irá retornar às arenas assim que possível.

Segundo o Mail Online, as touradas já causaram um número considerável de baixas humanas ao longo do tempo: nos últimos 300 anos, cerca de 530 pessoas morreram devido aos ferimentos recebidos nestes duelos mortais.