Táxi é um sinônimo de conforto para muita gente, mas outras pessoas fazem o uso deste meio de transporte por necessidade. Atualmente, as empresas concorrentes como o Uber se tornam grandes opções para este tipo de transporte mais tradicionalista.

E ao redor do mundo essas mudanças começam a ser notadas, mas para um casal do Reino Unido, tudo isso mudou para pior, porque eles foram banidos de fazer o uso dos carros de transportes.

De acordo com notícia publicada pelo portal The Sun, o casal Marcus Edwards, que pesa cerca de 230 quilos e sua namorada, Taylor Faulkner, de 26 anos, que pesa 120 quilos foram responsáveis pela quebra da suspensão de dois táxis da região.

O casal usava a empresa de táxi cerca de quatro vezes todos os dias para ir à casa do rapaz, que não conseguia se locomover com facilidade, por conta de seu peso.

Até que um dia, quando solicitaram um carro para levá-los de volta para casa após uma visita à casa da mãe de Marcus, eles foram informados por um operador de telefonia que não existiam mais veículos disponíveis e que deveriam procurar por uma outra empresa.

Irritada com aquela situação, Taylor resolveu ligar para cobrar uma explicação dos responsáveis pela empresa de Táxi. Ela foi informada pela Centrex Cars, que fica localizada em Hodge Hill, cidade de Birmingham, que Marcus havia sido banido e os taxistas não poderiam mais transportar ele.

De acordo com a jovem [VIDEO], ela foi informada que dois motoristas fizeram reclamações em relação ao peso do rapaz, que teria sido responsável por ter danificado a suspensão do veículo!

O casal não gostou da acusação e está acusando a empresa de táxi de discriminação contra pessoas de mais peso e solicitou que tal ordem fosse rescindida.

Marcus vive uma condição séria de Saúde: é obeso e sofre de problemas nas pernas, coágulo no pulmão, coração e de fluidos corporais.

Ele afirmou que é um cliente fiel da empresa por muitos anos e gasta um alto valor diariamente, algo em torno de R$ 100.

Ele ainda afirma que sempre reserva cinco lugares somente para ele e a esposa e que nunca houve qualquer problema antes disso e que na ligação afirmaram que não haveriam veículos disponíveis para a noite toda, solicitando que tentassem com outra empresa.

Segundo o rapaz, ele tem obesidade por conta de problemas médicos e que não acredita ter sido a causa da quebra de dois carros. Além disso, ele afirma que deveria ser motivo de vergonha para uma empresa fazer isso com o cliente após tanto dinheiro gasto. [VIDEO]