O Havaí declarou estado de emergência após erupção de um de seus vulcões. O vulcão Kilauea entrou em erupção durante a parte da tarde dessa quinta-feira (03/05), por volta das 4h50 no horário local, momento em que já era noite no Brasil, logo após uma série de terremotos nos últimos dias, inclusive um tremor registrado que chegou a 5 graus na escala Richter, o fato ocorreu as 10h30 da manhã no horário local, que acabou gerando também deslizamentos de rochas, segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos. No entanto o número de fendas ainda não pôde ser contabilizado, e uma informação oficial do Governo local disse que não é possível apontar exatamente onde surgirão novas fendas.

Terremotos mais leves também vinham sendo monitorados desde segunda-feira (30/04), o que aumentou a ansiedade de moradores da ilha.

O Havaí possui cinco vulcões [VIDEO], grande parte deles estão considerados extintos pois não há registros de que eles entraram em erupção há mais de duzentos anos. Entretanto o Kilauea está em plena atividade. De acordo com o Parque Nacional de Vulcões do Havaí, houveram pelo menos duas grandes erupções parecidas com está na região, uma no ano de 1924 e a outra em meados de 1955.

Alguns vídeos publicados na internet por internautas amadores mostram o magma sendo lançado das profundas fendas do vulcão, que provocou também rachaduras em algumas avenidas próximas ao local.

Usando um drone, um morador do local, Jeremiah Osuna, fez algumas imagens de vídeo da coluna de lava vermelha expelida pelo Kilauea, ele a descreveu como uma imensa cortina de fogo e disse ainda estar preocupado e refletiu sobre até que ponto seria seguro viver próximo ao vulcão.

Outro morador também escreveu em seu Twitter pedindo que moradores ficassem em alerta e preparados para salvar suas famílias em caso mais extremo.

Um funcionário da Defesa Civil informou que na zona de risco moram aproximadamente 10 mil pessoas.

Após a situação o governador David Ige, informou que a Guarda Nacional entrou em atividade para auxiliar na retirada das pessoas que moravam perto do local, antes mesmo que a lava alcançasse as residências e os prédios, a faixa de isolamento imposta é de cerca de 6.400 hectares, de acordo com o as autoridades locais, aproximadamente 1.800 pessoas que moram na costa leste do pacífico, região pertencente ao Havaí, na chamada “Big Island” receberam uma ordem obrigatória de evacuação.