Inúmeras pesquisas contemporâneas sobre o suicídio estão focadas em características individuais das vítimas. A grande maioria é diagnosticada com transtornos bipolares, ou transtornos mentais, como a depressão e vem no suicídio, uma forma de aliviar o sofrimento, causado por problemas familiares, entre outros.

Pelo resto do mundo afora, inclusive aqui no Brasil, alguns Famosos, já apresentaram como causa da morte, o suicídio, isso leva muitos fãs a se perguntarem sobre o que leva uma pessoa com fama a tirar a própria vida.

Na última sexta-feira (18), a ex-modelo americana, Stephanie Adams [VIDEO] [VIDEO], tirou a própria vida e levou consigo a vida de Vicente, seu filho de 7 anos.

Segundo informações da emissora CBS Report, a moça teria se jogado do 25º andar, em um hotel na cidade de Manhattan, nos Estados Unidos.

Estima-se que o principal causa do atentado esteja relacionado a uma disputa judicial pela guarda do menino. Ainda de acordo com as informações, a ex-modelo da Playboy estava recebendo a visita da Administração de Serviços Infantis, nos últimos sete meses.

Recentemente Adams solicitou ao juizado da infância e adolescência a permissão para que seu filho pudesse lhe acompanhar em uma viagem para Europa, entretanto o pedido foi negado pelo magistrado.

Depressão

De acordo com Raoul Felder, advogado próximo a família, o qual prestou serviços a Stephanie por 20 anos, ele descartou a hipótese de que modelo estive sofrendo de depressão [VIDEO] [VIDEO] [VIDEO], e ressaltou que seus familiares nunca perceberam o problema nela.

Além disso, nenhuma nota foi deixada por Stephanie antes dela praticar o suicídio. Ainda de acordo com informações, a mulher se hospedou no Gotham Hotel no dia (18) de maio com o filho e se suicidou um dia depois. Felder explicou, que o caso envolvendo a guarda do filho Vicente era considerado grave e Stephanie corria risco de perder a guarda do filho para o ex-marido Charles Nicolai. Embora.

As vítimas foram encontradas sem vida no patamar do segundo andar nos fundos do prédio. Na ocasião, um dos hospedes viu os corpos e resolveu avisar a recepção do hotel que acionou a polícia.

Carreira de Stephanie Adams na Palyboy

A modelo, surgiu para o mundo da Playboy em 1992, na época ela encantou o mundo ao apresentar um corpo repleto de curvas e fotos sensuais. Ela também trabalhou para a agência de modelos 'Elite Model', em 2003. Em 2013, o jornal New York Post, entrevistou Stephanie sobre os 25 livros de autoajuda que ela havia escrito. Na época, a moça estava administrando a empresa do marido com muito sucesso.