De acordo com informações divulgadas pelos sites Mail Online e The Sun, forças da Rússia que atuam na área de contraterrorismo divulgaram imagens dramáticas registradas durante uma operação na qual um robô armado foi usado para eliminar extremistas islâmicos.

A ação ocorreu na República do Daguestão, uma divisão federal situada no sudoeste do território russo – a qual já foi até chamada pela rede BBC de notícias de "o lugar mais perigoso da Europa" em função de insurgências, surtos de separatismo e tensões étnicas que ocorrem na região desde a década de 1990.

O recente confronto contra os jihadistas – possivelmente integrantes de uma célula adormecida do infame Estado Islâmico, já que uma bandeira do grupo foi encontrada com eles – se deu em um período de tempo que se estendeu por vários dias no fim do mês de abril. A polícia da cidade costeira de Derbent suspeitava que os terroristas pretendiam executar um ataque local em 1º de maio (data que também é considerada um feriado na Rússia), e antes que esse plano fosse colocado em prática, militares especializados no combate a extremistas foram acionados.

Alvos eliminados com sucesso

Segundo o Serviço Federal de Segurança da Rússia – conhecido internacionalmente pela sigla FSB –, a principal ameaça à Copa do Mundo de futebol (que começa naquele país em 14 de junho) é o terrorismo, e a operação levada a cabo em Derbent ocorreu justamente no intuito de acabar com este perigo.

Um dos momentos mais tensos da investida ocorreu quando os militares cercaram uma casa onde alguns jihadistas se abrigavam.

No vídeo registrado durante o incidente, é possível ver que as forças especiais usam veículos blindados para cercar a propriedade, e auxiliados por um robô armado controlado remotamente, os soldados abrem fogo pesado contra a propriedade. Acompanhe:

Seis homens que estavam no interior da habitação foram mortos. De acordo com o Comitê de Investigação da Rússia – órgão que lida com crimes considerados graves –, havia armas, munição, facas e granadas na casa, além de uma bomba artesanal com um poder de destruição equivalente ao de cinco quilos de TNT.

Outros cinco terroristas foram eliminados em mais duas ações distintas das forças russas, as quais também aconteceram na região de Derbent. Em uma delas, dois indivíduos foram abatidos em uma floresta, e na outra, três extremistas perderam suas vidas depois de dispararem armas de fogo contra militares, quando o carro em que eles estavam foi parado.

Nenhum soldado ou civil ficou ferido durante as operações.

Siga a página Curiosidades
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!