O Prêmio Nobel de Literatura, o mais prestigioso prêmio literário do mundo, não será concedido este ano, pela primeira vez desde 1949. A Academia Sueca anunciou nesta sexta-feira (4) que irá adiar o Prêmio Nobel de Literatura 2018 até o ano que vem. Recentemente, a Academia recebeu sérias acusações de abuso sexual - dirigidas não a um membro da academia, mas ao marido de uma membro.

Crise na Academia Sueca: entenda por que não haverá Prêmio Nobel de Literatura em 2018

O Prêmio Nobel de Literatura sempre atrai grande interesse de pessoas em todo o mundo, porém a organização por trás do prestigioso prêmio se encontra no meio de uma crise tão grave que decidiu não escolher um vencedor este ano.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Curiosidades

O prêmio será adiado para o ano que vem, quando a academia indicará dois vencedores.

A Academia Sueca, organização sediada em Estocolmo que faz a premiação, está lutando para lidar com uma situação totalmente em desacordo com sua reputação: o adiamento do prêmio é conseqüência de um escândalo de abuso sexual que repercutiu por círculos literários e editoriais em todo o mundo e prejudicou seriamente a re da Academia.

A academia está envolvida apenas com o prêmio de literatura, então outros prêmios Nobel não são afetados.

Escândalo veio a tona em novembro passado

Em novembro, o jornal sueco Dagens Nyheter relatou que 18 mulheres disseram ter sido assediadas sexualmente ou agredidas pelo fotógrafo francês Jean-Claude Arnault, uma figura cultural importante no país, que está intimamente ligado à academia. O Sr. Arnault é casado com a poeta Katarina Frostenson, membro da academia, e juntos eles dirigem um clube cultural privado, chamado "Fórum", que recebeu apoio financeiro da Academia.

Arnault é acusado de usar sua influência no mundo das artes, incluindo suas conexões com a Academia, para pressionar mulheres jovens a fazer sexo. O jornal informou ainda que Arnault foi acusado de maltratar mulheres no clube "Forum" e em propriedades da Academia em Estocolmo e Paris por mais de 20 anos.

Além das acusações de assédio, Jean-Claude Arnault também está sendo acusado de vazar informações sobre o ganhador do prêmio sete vezes desde 1996.

A polícia sueca está investigando as alegações de abuso. Através de seu advogado, o fotógrafo negou qualquer irregularidade e acusações. Na quinta-feira, sua esposa aceitou desistir das atividades na Academia.

Princesa entre as vítimas de Jean-Claude Arnault

De acordo com reportagens na Suécia , as vítimas incluem a princesa herdeira Victoria, que disse ter sido indevidamente tocada por Arnault em um evento da Academia.

Para muitos observadores, como Björn Wiman, editor de cultura do Dagens Nyheter, fazer uma pausa é a coisa certa a fazer no momento: “Esta é uma notícia bombástica. Mas foi a única decisão possível ”, disse ele na Radio Sweden. “Não era possível, sob essas condições, nomear um vencedor. Teria sido um insulto para qualquer um que a recebesse", completou.

O Prêmio Nobel de Literatura

O Nobel de Literatura é um prêmio literário concedido todo ano desde 1901.

É uma homenagem atribuída a um escritor de qualquer nacionalidade que, de acordo com as palavras do criador da distinção, Alfred Nobel, tenha feito por meio do campo literário, o mais grandioso trabalho em uma direção ideal. O "trabalho" a que se refere significa, para Nobel, a obra inteira desse escritor, seus principais Livros, sua mentalidade, seu estilo e suas filosofias, não distinguindo uma obra em particular.

Os membros da Academia Sueca é quem escolhem o autor premiado e a Academia divulga anualmente no começo do mês de outubro. É considerado por muitos o maior e mais distinto prêmio que um escritor ou uma escritora pode receber dentro do ramo da literatura.

Outras Notícias que Talvez Você Goste de Ler:

Prêmio Nobel de Literatura não será anunciado neste ano pela Academia Sueca [VIDEO]

'Vingadores' dá uma surra em 'Edir Macedo' no cinema e supera todas expectativas [VIDEO]

Natureza, sociedade e cultura no mundo pós-moderno [VIDEO]