Ao assistir a este sinistro vídeo gravado pelo argentino Raul Arguello, 32 anos, é provável que até mesmo o mais cético dos homens tenha suas convicções abaladas. Segurança no estádio de futebol Tomás Adolfo Ducó, em Buenos Aires, capital da Argentina, Arguello foi aterrorizado por eventos sobrenaturais [VIDEO].

Ao escutar uma porta batendo repetidamente no vestiário, às 23 horas, ele liga a câmera do celular e começa a registrar o acontecimento. Devido ao intenso pavor, o argentino pediu demissão do emprego logo após o evento.

No início da gravação, o segurança enfatiza estar falando a verdade sobre as batidas de porta.

“São 11 horas da noite e é a terceira vez que ouço esse barulho. Vou filmá-lo para mostrar às pessoas mais tarde, então eles acreditarão quando digo”, fala.

Na sequência, ele desce as escadas em direção ao barulho. A respiração está ofegante e a voz hesitante. O argentino tem medo. Mas está determinado em desvendar o mistério.

Ao chegar a poucos metros da origem do barulho, uma porta de madeira é observada abrindo e fechando de forma abrupta, como se alguém a estivesse movendo. Sem saber como agir, ele começa a praguejar, empurra a porta e adentra o interior do vestiário.

Nesse instante, algo ainda mais bizarro [VIDEO] e surpreendente acontece. Sem que ele perceba, uma sombra humanoide passa à frente da câmera. Ela lembra uma criança correndo. “Ele só descobriu o fenômeno enervante mais tarde, quando viu a filmagem e descobriu que aparentemente havia captado a presença assustadora na arena”, destaca o jornal britânico The Sun.

O perturbador evento mexeu com os nervos de Raul Arguello, pai de duas crianças. Apesar de ser suficientemente corajoso para trabalhar como vigia noturno e encarar os perigos da profissão - assaltantes, mendigos, drogados e pessoas de diversos tipos que invadem esses ambientes com intenções obscuras –, ele não suportou a ideia de dividir o estádio com almas penadas.

“O pai de dois filhos foi deixado tão estressado desde o seu encontro em 3 de abril, que ele entregou seu aviso e encontrou um emprego de segurança diferente”, destaca a imprensa britânica.

Embora o episódio tenha sido gravado em abril, a história e o vídeo foram divulgados somente em 16 de maio na imprensa internacional (os jornais britânicos The Sun, Daily Mail e Daily Star).

Ainda que seja impossível comprovar a veracidade das imagens, o fato do segurança pedir demissão e a espontaneidade com que a assombração aparece fazem o filme parecer autêntico e assustador. Confira abaixo, se tiver coragem: