Uma terceira adolescente foi violentada [VIDEO]sexualmente e depois queimada viva em um intervalo de apenas sete dias. A morte [VIDEO]da jovem se tornou mais um abuso sexual no país, já que tal crime está se tornando rotina. A jovem de apenas 16 anos, no auge da vida, ainda em fase de crescimento e com muitos anos para viver e curtir, viu tudo ir embora pelas mãos de um homem já feito, de 26 anos. Ela teria dito que falaria com seus familiares a respeito do abuso sexual, e ele tomou medidas drásticas para impedi-la.

A jovem de 16 anos que foi violentada sexualmente estava sozinha em sua casa localizada em Sagar, estado de Madhya Pradesh.

Situação perfeita para o abusador se aproveitar e estuprá-la, foi o que explicou os policiais na última sexta-feira, dia 11.

De acordo com os oficiais, mais especificamente o superintendente da Polícia de Sagar, Satyendra Kumar, eles prenderam duas pessoas acusadas do crime, sendo um deles um primo da jovem assassinada, que teria dito ao suspeito principal que ela se encontrava sozinha em casa.

A Índia em geral está sofrendo muita pressão para colocar fim a esses crimes. A situação só piorara depois do estupro coletivo que um grupo chamado Jammu e Kashmir cometeu contra uma garotinha muçulmana de apenas oito anos de idade. Como se não bastasse o abuso sexual, eles tiraram a vida da pobre garota, o que gerou uma grande revolta no país inteiro.

Apenas um caso teve mais visibilidade, que aconteceu no ano de 2012, quando uma garota estava no ônibus a caminho de seu rumo e acabou sendo abusada violentamente ali mesmo, dentro do transporte público.

Esse crime culminou em protestos em massa na Índia e em diversos outros países do mundo.

O que mais chama a atenção do mundo é que uma semana antes dois casos praticamente iguais aconteceram no estado de Jharkhand. Uma delas infelizmente não resistiu e morreu; a outra sofre bastante no hospital onde se encontra em uma massiva luta contra a morte.

Burburinho nas redes sociais

Muitos internautas usaram as redes sociais para demonstrar sua indignação com esse caso de grande maldade. Muitas pessoas clamaram por justiça. Os internautas pediam para que justiça fosse feita e os responsáveis pelo crime fossem punidos pelo que fizeram. Eles se mostraram espantados com mais esse crime de violência contra mulher. Alguns internautas disseram não entender como pode existir pessoas com capacidade de cometer crimes iguais a esse.