Durante o último final de semana, começou a circular via Whatsapp e redes sociais, um vídeo no qual um grupo de amigos, composto de pelo menos cinco homens brasileiros, faz uma ''brincadeira'' de mau gosto com uma estrangeira durante a Copa do Mundo 2018, que está sendo sediada na Rússia.

A filmagem mostra os amigos cantando frases constrangedoras para a Mulher, que claramente não está entendendo o que se passa. Os homens a incentivam a cantar e pular junto com eles, enquanto seguem entonando canções de cunho sexual, que denigrem a imagem da torcedora, que não entende o idioma e acompanha os rapazes naquilo que ela pensa ser uma espécie de grito de torcida.

A atitude do grupo vem sendo duramente criticada nas redes sociais, sobretudo no Facebook, onde o vídeo foi mais difundido. Diversos perfis e páginas repostaram o conteúdo sob denúncias de assédio e machismo. [VIDEO] Muito embora alguns internautas ainda defendam a atitude dos homens que aparecem na filmagem como sendo apenas uma brincadeira, durante a qual nenhum malefício real teria ocorrido à torcedora, outros declararam-se profundamente envergonhados.

O portal ESPN engrossa o coro daqueles que se sentiram constrangidos pela imagem que o Brasil poderia estar passando lá fora através deste tipo de abordagem às mulheres.

''Não é porque estamos em uma festa que pode tudo'', escreveu a colunista Mayara Munhoz.

Um dos rapazes que aparece no vídeo constrangendo a torcedora estrangeira já foi identificado e teve seu perfil exposto no Facebook; trata-se do advogado pernambucano Diego Valença Jatobá, cujo o histórico nas redes sociais já não é dos melhores.

Diego é bastante conhecido no Recife; ele foi secretário de turismo do município de Ipojuca e esteve no comando de um bloco de carnaval, o Recifolia. Recentemente, o perfil do Instagram do rapaz encheu-se de fotos suas em diferentes locais da Rússia, nos quais teria participado de vários eventos referentes à Copa.

Ele também é amigo de algumas celebridades e já foi visto em clima de bastante intimidade com a atriz Monique Alfradique, em 2012. Alguns anos depois, e com o incentivo de Bruno Gagliasso, Diego tornou-se noivo da administradora Vivian Cavalcante, em Fernando de Noronha, na companhia de Grazi Massafera e outros famosos.

Bem antes de seu vídeo machista aparecer na web, Diego já havia sido notado entre os usuários do Facebook por causa de outra postagem polêmica, contendo uma foto na qual ele posava com um maço enorme de notas de cem dólares, enquanto ainda era secretário de turismo de Ipojuca.

Na época, Diego precisou pronunciar-se publicamente para esclarecer que o dinheiro não era seu e sim que tudo não passou de uma ''brincadeira'' - mais uma - que fez com um amigo dentro de uma casa de câmbio, e que teria vazado nas redes sociais por um ''descuido''.

Procurado pela redação da revista Claudia para falar a respeito de seu vídeo machista, Diego ainda não retornou o contato.