Walter Carr, um estudante de 20 anos, atraiu a atenção nas redes sociais dos Estados Unidos [VIDEO] devido a sua história de superação e determinação. Após seu carro quebrar no dia anterior, Carr, decidiu caminhar durante uma noite inteira, por 32 quilômetros, para não se atrasar no primeiro dia de trabalho.

A história do americano viralizou logo após uma cliente, da empresa de mudanças onde ele trabalha, publicar um relato no Facebook [VIDEO] sobre a saga do rapaz.

A cliente, Jenny Lamey, revelou que, na sexta-feira (13), ouviu a campainha tocar as 6h30 da manhã. Ela esperava por funcionários de uma empresa de mudanças que iriam empacotar seus pertences, mas o combinado era que chegassem somente às 8h.

Quando abriu a porta, viu Carr e um policial a sua frente.

O policial havia encontrado Walter Carr pelo caminho e, após descobrir a história do garoto, ficou impressionado com sua força de vontade e decidiu levá-lo para tomar um café, antes de acompanhá-lo até a casa de Lamey, onde ele iria trabalhar pela primeira vez.

Walter, que mora no subúrbio de Birmingham, no Alabama (EUA), impressionou também a mulher. Ela relatou na rede social, que o rapaz havia andado por toda noite, da região de Homewood até Pelham, porque precisava trabalhar e não queria chegar atrasado logo no primeiro dia.

Enquanto ajudava a carregar as coisas para o caminhão, Carr revelou que havia passado toda a infância em Nova Orleans, mas que após a casa onde morava ser destruída pelo furacão Katrina, a família foi obrigada a se mudar, indo para Houston, no Texas.

Lamey ficou muito emocionada ao ouvir a história do rapaz, imaginando o quanto deveria ter sido difícil sua trajetória solitária, durante toda a noite, para chegar até ali.

O diretor da Bellhops, empresa de mudanças onde Carr está trabalhando, Luke Marklin, também ficou impressionado com a atitude do rapaz. E, a fim de valorizar sua atitude e ao mesmo tempo ajudar Walter, resolveu presenteá-lo com um carro. Ao receber o presente, Walter Carr, chorou muito e agradeceu pelo presente e pela oportunidade de trabalho, a primeira em um longo tempo.

A história do americano sensibilizou várias pessoas, e uma campanha online, que visava arrecadar dinheiro para ajudá-lo a consertar seu carro, já havia angariado cerca de 8 mil dólares até a última terça-feira (17), quando foi encerrada.

Walter Carr não se acomodará com o emprego conquistado. Ele irá se formar no fim de 2018, em um curso da área de saúde. Além disso, pretende se tornar fuzileiro naval da marinha americana.