No dia 1º deste mês de agosto, a humanidade entrará em déficit com o planeta, como alerta a ONG Global Footprint Network, que com apenas cinco meses antes do ano terminar, nos teremos consumido todo o orçamento anual de recursos naturais e isso pode se tornar ainda mais grave com o passar dos anos, gerando ainda mais problemas no presente e futuro do Planeta.

Primeiro de agosto marca o Dia da Sobrecarga na Terra, um grande alerta para algo que já vem acontecendo e aumentando ao passar dos anos e cabe as pessoas se conscientizarem e perceberem o grau de seriedade e peso que tem as nossas ações sobre o planeta Terra.

Pois nos estamos usando recursos futuros da Terra para operar no presente e assim indo cada vez mais fundo ao déficit ecológico.

O chamado Dia da Sobrecarga da Terra:

A data, batizada como Dia de Sobrecarga da Terra, marca o momento em que o consumo de recursos naturais — alimentos, água, fibras, madeira, terra e emissões de carbono — supera o volume que o planeta é capaz de renovar e começará a retirar do planeta mais do que ele pode oferecer.

E nesta data de 1º de agosto é o momento mais cedo registrado desde que se iniciou a contagem. Segundo a ONG, para sustentar as necessidades de recursos naturais da população global seria preciso ter uma Terra e mais 70% de outra.

O ser humano passou a consumir acima da capacidade de regeneração da Natureza e a pegada ecológica mundial ultrapassou a biocapacidade do Planeta no início da década de 1970 e até a atualidade o déficit ambiental vem aumentando cada vez mais a cada ano, levando o Dia da Sobrecarga acontecer cada vez mais cedo.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Natureza

Confira abaixo um vídeo criativo que mostra a evolução desde o começo da vida na Terra e o processo da fabricação de uma colher:

O custo deste consumo excessivo já é visível em grandes taxas de escassez de água, erosão dos solos, baixa produtividade agrícola e das reservas de peixes, desmatamento, o desaparecimento de espécies, doenças e outros mais.

Soluções para o problema:

Nem tudo está perdido e ainda podemos fazer muito para mudar os problemas no Planeta.

Confira algumas soluções que podem fazer grande diferença para o planeta:

  • Nas cidades o trânsito é um dos grandes problemas em poluição, pois o componente do carbono tem taxa de 50% na pegada ecológica. Isso quer dizer que, se as pessoas substituíssem trajetos de carro por meios que causem menos danos ao Meio Ambiente, como por exemplo bicicleta, ou até mesmo transporte público, já faria grande diferença.
  • Na alimentação o desperdício e desigualdade é enorme em muitos lugares do mundo e isso acaba gerando diversos problemas para o meio ambiente e para a população. Se as pessoas cortassem o desperdício pela metade e utilizassem mais dos meios naturais para se alimentar, assim evitando maior acumulo de produtos de origem reciclagem que causam danos ao solo, boa parte dos problemas ambientais diminuiriam.
  • Mudanças em hábitos diários, como por exemplo o uso de sacolas orgânicas no lugar de sacolas plásticas, consumo consciente, menos gasto de água e energia elétrica e a diminuição de alimentos industrializados, uma vez que eles são embalados em materiais compostos de plásticos.
  • Outra solução e não menos importante é sobre a diminuição do consumo de carne, pelo grande impacto ambiental que a criação de gado causa no planeta Terra . Por isso é importante as pessoas entenderem o que está por trás da carne que se compra no supermercado. Se cada pessoa reduzisse em um dia o consumo semanal de carne, isso ja faria grande diferença para o Planeta pois envolve muitos outros fatores.

São inúmeras as formas de evitar um grande desastre ambiental, mas se todos fizerem sua parte juntos, a Terra pode conseguir sustentar nossas ações de forma mais longa.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo