Não resta dúvida de que os cães são animais muito espertos (segundo o site Mega Curioso, eles possuem inteligência equivalente a de uma criança de dois anos de idade e conseguem compreender, em média, o significado de até 250 palavras), mas o fato é que às vezes alguns caninos apresentam comportamentos surpreendentes, e acabam se tornando os responsáveis por verdadeiros atos heroicos ao ajudarem seres humanos – exatamente como ocorreu recentemente no Reino Unido, quando um cachorro teve participação direta no salvamento de uma garotinha de apenas um ano de idade.

De acordo com os sites Daily Mail e Express, o incidente aconteceu no apartamento de Shannon Weeks (23), que vive na cidade inglesa de Dartford juntamente com o marido Tom (24) e a filha Chloe Showell.

No último fim de semana, a família recebeu a visita da avó de Shannon, Maureen Tarrant, a qual levava consigo o seu cão de estimação chamado Louie – um exemplar da raça britânica Cavalier King Charles Spaniel, que possui quatro anos.

Até pouco antes das 23h:00min de sábado (1) tudo estava tranquilo na residência, mas Louie, que costuma ser um animal que não faz barulho, passou a apresentar um comportamento incomum: repentinamente, o cachorro começou a ficar agitado, pondo-se a latir e a andar nervosamente pelos cômodos, indo e voltando em direção ao quarto de Chloe.

A princípio, Shannon pensou que o canino teria se inquietado por ter escutado alguém andando do lado de fora do apartamento, mas ela logo percebeu que havia algo errado quando notou a insistência de Louie em ir especificamente até o local onde fica o berço da criança.

Uma cena desesperadora

Assim que chegou ao quarto da filha, Shannon Weeks viu que Louie a esperava perto da porta, e quando ela entrou no aposento, descobriu algo desesperador: Chloe se encontrava com o rosto virado para o colchão do berço, e havia se engasgado com seu próprio vômito enquanto dormia.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Curiosidades Animais

Quando se aproximou, a mulher notou que a pele garotinha havia se tornado pálida, e seus lábios estavam azulados – sinais claros de que a menina não respirava. Rapidamente, Shannon retirou Chloe do berço e começou a dar tapinhas nas costas da filha, e, felizmente, o procedimento fez com que as vias aéreas da bebê fossem desobstruídas.

Durante o acontecimento, o cão permaneceu o tempo todo do lado de fora do quarto, choramingando.

Atitude heroica

Assim que a criança voltou a respirar foi levada às pressas pelo pai até o hospital chamado Darent Valley, onde os médicos descobriram que ela possuía dois problemas de saúde: bronquite e gastroenterite viral, que, agindo em conjunto, foram os responsáveis por provocar o vômito.

Segundo Shannon Weeks, os próprios médicos acabaram afirmando que Louie salvou a vida da menina ao dar o alerta de que havia algo errado – a mesma opinião é compartilhada pela mãe da garotinha, que declarou: "Ele realmente a salvou. Louie é meu herói. Se não fosse por ele, eu não teria [mais] a minha filha linda".

A mulher revelou ainda que Chloe, que se recuperou completamente do incidente e já está em casa, anteriormente tinha um pouco de medo de Louie, mas depois do ocorrido "eles se tornaram inseparáveis".

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo